Menu
ITALÍNEA DOURADOS
quinta, 16 de agosto de 2018
KAGIVA
Busca

Operação da Polícia Civil desarticula gangue de menores em Bonito

26 Jul 2011 - 20h08Por Campo Grande News

Nesta terça-feira (26) a Polícia Civil desencadeou uma quadrilha que praticava vários crimes em Bonito, pelo menos 30, entre eles, lesão corporal e estupro, durante a “Operação Katrina”.

Entre os integrantes estão quatro adolescentes de 14, 15, 16 e 17 anos. Foram presos Genivaldo Moreira Fernandes, 19 anos, líder do grupo e Tiago Ribeiro Pinto, 21 anos.

Segundo o delegado responsável pela operação Roberto Gurgel de Oliveira Filho, a quadrilha conhecida como “gangue do Genivaldo” tem de 15 a 20 integrantes. Eles praticavam crimes principalmente em festas populares. A polícia está trabalhando na identificação dos outros membros.

Ainda de acordo com ele, as investigações começaram a partir de denúncias da existência de gangues na cidade e das reclamações de que crimes estavam sendo praticados por elas.

Foi instaurado inquérito policial por formação de quadrilha armada, mas pedido de prisão preventiva foi negado pelo Poder Judiciário de Bonito.

Ficou determinado que os membros da quadrilha compareçam periodicamente em juízo, que não frequentem mais bares, festas e boates e que fiquem recolhidos em domicilio durante à noite e nos dias de folga.

 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - ATENÇÃO MÃES
Dia 'D' contra poliomielite e sarampo será neste sábado em Bonito (MS)
MEIO AMBIENTE - JARDIM E BONITO
A condenação do rio da Prata, essencial para a biodiversidade em Jardim e Bonito (MS)
LOTERIA
Sul-mato-grossense ganha R$ 1 milhão na loteria da Caixa
STOCK CAR 2018
Bons retrospecto em MS anima pilotos da Cavaleiro Sports
CASO DE POLÍCIA
Boliviana denuncia estupro de criança de 8 anos em fazenda no Pantanal
CIDADES
Na contramão do nacional, MS registra queda na mortalidade materna
POLÍTICA
Para eleitores, 2º turno a presidente será entre Bolsonaro e Alckmin
POLÍTICA
Aprovado projeto que proíbe pedófilos de concorrer em concurso estaduais
SAÚDE
CFM lança código de ética para estudantes de medicina
ECONOMIA
Empresários brasileiros buscam ampliar parcerias com o Paraguai