Menu
ASSOMASUL MARÇO
sexta, 19 de abril de 2019
mutantes
Busca
ITALÍNEA DOURADOS

"O modelo Bonito"; revista Viagem e Turismo publica matéria sobre Bonito, confira

17 Mai 2011 - 15h17Por Boni Miranda - Bonito Informa

A revista Viagem e Turismo da Editora Abril, que também edita o Guia Quatro Rodas, publicou em sua edição de maio de 2011 uma matéria destacando a harmonia entre a preservação do meio ambiente e o desenvolvimento do turismo em Bonito.

Confira:

O modelo Bonito

Como a cidade do Mato Grosso do Sul consegue preservar sua natureza sem rechaçar o turismo

Normalmente é assim: um lugar com atrações naturais exuberantes um dia se torna destino badalado. Operadores de turismo passam então a comercializá-lo e, com o tempo, a cidade é invadida pelo turismo de massa. Logo, a natureza começa a pagar a conta.

Mas isso não se deu com Bonito. Campeão histórico do Prêmio VT na categoria destino de ecoturismo, o lugar encanta por suas águas límpidas e pela fauna que a habita. A novidade de Bonito é que o município não tem áreas de preservação ambiental. Há um parque nacional, o da Serra da Bodoquena, nos arredores, mas as principais atrações da cidade ficam fora dele. O controle estrito da visitação – com preços acima da média das atrações brasileiras – e o sistema de comercialização, exclusivo das agências credenciadas, ajudam a evitar que o lugar siga o mau caminho.

Nem mesmo o número cada vez maior de turistas – em 2010, foram á cidade 276 mil deles, 106 mil a mais que dois antes – parece representar uma ameaça. Para especialistas, o modelo de Bonito, com muitas das decisões sobre o turismo nas mãos da iniciativa privada, joga a favor da preservação. Edgar Werblowsky, da operadora de destinos Freeway, é um adepto. “Os proprietários cuidam bem dessas terras, pois sabem que, do contrário, o retorno econômico não vem”. “Em Fernando de Noronha”, segue ele, “é um absurdo a quantidade de bugues e pousadas que são construídas sem licenciamento”. Para ir ás principais atrações de Bonito, como o Abismo Anhumas – a maior caverna submersa do mundo -, á famosa gruta do Lago Azul e ás flutuações e os mergulhos no Rio Formoso e da Prata, é preciso comprar um voucher. “Com ele a arrecadação é dividida entre os gestores envolvidos e há um controle absoluto sobre quantas pessoas estão fazendo os tours”, diz Lucia Egydio, bióloga e especialista em ecoturismo.

Bonito ainda conta com 120 guias profissionais, além de uma equipe de geólogos e biólogos que trabalha para monitorar o impacto que a visitação causa no meio ambiente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PUXÃO DE ORELHA NA PETROBRAS
Em áudio, Onyx diz que governo deu 'uma trava na Petrobras', caminhoneiros podem ficar sossegados
BONITO - MS - AÇÃO POLICIAL
Quatro menores é pego pela PM tentando assaltar com arma de brinquedo em Bonito (MS)
FERIADO
Sexta-feira Santa é o dia de celebrar a morte de Cristo
CIDADES
Imagens de satélite denunciam desmatamento durante Operação Semana Santa em Nioaque
POLÍCIA
Amigos param para consertar carro e encontram corpo de mulher na BR-262
BONITO - MS
Bonito – Serra da Bodoquena: a natureza surpreendente continua linda e precisa ser preservada sempre
PARCERIA
Indígenas do MS comemoram conquista do espaço no mercado de trabalho em lavouras de maçã de SC e RS
GERAL
Transporte intermunicipal permite levar cães e gatos, mas é preciso observar regras
POLÍCIA
Procurado por homicídio em MS morre em confronto com a polícia no Paraná
AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Governador Reinaldo Azambuja levou acesso à saúde para dentro das aldeias de MS