Menu
ITALÍNEA DOURADOS
tera, 11 de dezembro de 2018
KAGIVA
Busca

Número de mortos após terremoto no Japão chega a 44

11 Mar 2011 - 10h14Por Midiamax

Pelo menos 44 pessoas já morreram por causa do terremoto de 8,9 graus de magnitude e do tsunami que atingiram a costa do Japão na madrugada desta sexta-feira, segundo a Agência Reuters.

O maior terremoto já ocorrido em 140 anos de medições atingiu a costa nordeste do arquipélago, provocando uma onda de dez metros de altura que varreu tudo em seu caminho, incluindo casas, navios, carros e estruturas agrícolas em chamas.

A Cruz Vermelha disse em Genebra que a parede de água é mais alta do que algumas ilhas do Pacífico, e um alerta de tsunami foi emitido para toda a bacia do oceano, com exceção do Canadá e da parte continental dos Estados Unidos.

A Indonésia, Taiwan, o Estado norte-americano do Havaí e as Filipinas, entre outros, determinaram a desocupação de áreas costeiras.

Filipinas, Taiwan e Indonésia emitiram alertas de tsunami, reavivando a lembrança do gigantesco maremoto que atingiu a Ásia em dezembro de 2004. O Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico advertiu sobre riscos em países tão distantes quanto Colômbia, Chile e Peru, no outro lado do Pacífico.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ATENÇÃO A TODOS
Jovem lutadora russa morre eletrocutada após queda de iPhone no banho
CIÊNCIA E TECNOLOGIA
Atenção contribuinte: Sistema autorizador da NF-e valida novos códigos a partir de 2019
EDUCAÇÃO
Universidade abre 1.481 vagas para portadores de diploma
CIDADES
Operação que tem Aécio como alvo cumpre mandados em MS
CIDADES
Oficiais da PM de MS apontados como líderes da Máfia do Cigarro são condenados por corrupção
SABORES DO CERRADO
Frutas do cerrado: conheça as árvores que dão mais sabor ao nosso dia-a-dia
TEMPO E TEMPERATURA EM MS
2018 registra recordes de acúmulo de chuva; em dezembro deve cair mais água
BONITO - MS
Governador faz entregas de R$ 36 milhões em obras da MS-178 e habitação em Bonito
TEMPO E TEMPERATURA
Previsão de altas temperaturas e baixa umidade do ar em MS
BONITO - MS - AUDIÊNCIA NA CÂMARA
Em audiência, Promotor alerta que se não resolver o 'Brejão' do Rio da Prata ele se acaba em 10 anos