Menu
KAGIVA
quarta, 24 de outubro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Número de embarques em voos no Brasil aumenta 22%

5 Jul 2011 - 10h01Por Agência Brasil

O número de embarques em voos no Brasil cresceu 22% entre 2009 e 2010. Em mais de 90% dos casos, ao longo do ano passado, todas as etapas de voo previstas – medidas pelo índice de regularidade – foram cumpridas. Em dezembro, período de férias, apenas 74,3% dos voos foram considerados pontuais. Maio foi o mês que apresentou maior índice de pontualidade: 87,7%. Os dados constam do Anuário do Transporte Aéreo, publicado hoje (4) pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

No quesito pontualidade, 2010 começou com o índice em 79,4%. Atingiu o ápice em maio (87,7%) e, em julho, também período de férias, caiu para 82,8%. Esse percentual se manteve sem grandes variações até novembro, na faixa dos 82%. Em dezembro, outro período de férias, foi registrada queda para 74,3%.

Ao longo de todo o ano de 2010, o índice de regularidade dos voos se manteve entre 90% e 95%. Ele é responsável por avaliar, entre outros procedimentos das empresas, o percentual de voos não cancelados.

O estudo considera pontuais os voos domésticos cuja “partida dos motores” ocorra até 15 minutos após a hora prevista, ou que a “parada dos motores”, após a chegada ao destino, ocorra com atraso máximo de 15 minutos. No caso dos voos internacionais, são pontuais os voos cuja partida ou a chegada ocorram com até 30 minutos de atraso.

Entre os aeroportos menos pontuais estão três do Pará: Itaituba, com apenas 15%; Oriximiná, com 19% e Almerim, com 29%. Já os mais pontuais foram os de Campinas (SP), com 88% de pontualidade; Santos Dumont (RJ) e Confins (MG), ambos com 87%.

O aeroporto que apresentou maior número de decolagens, tanto para voos nacionais como para internacionais, foi o de Guarulhos (SP), com pouco mais de 80 mil decolagens para destinos nacionais e quase 30 mil para destinos internacionais.

Ainda em São Paulo, o Aeroporto de Congonhas registrou cerca de 75 mil decolagens de voos nacionais, e o de Brasília, 70 mil - também para voos nacionais. O segundo aeroporto a apresentar maior número de voos internacionais foi o do Galeão (RJ), com cerca de 8 mil decolagens.

A Anac informa que 94% das decolagens foram de voos nacionais, e 6% internacionais. Os Estados Unidos continuam sendo o principal destinos internacional dos voos originários no Brasil. Para lá foram cerca de 3,24 milhões de passageiros, somando os números das empresas aéreas estrangeiras e nacionais.

No entanto, o destino que apresentou maior crescimento entre 2009 e 2010 foi a Argentina, Em 2009, esse foi o destino de cerca de 2 milhões de passageiros. Em 2010, o número aumentou para 2,77 milhões.

De acordo com o anuário – que reúne dados estatísticos e econômico, a fim de subsidiar pesquisas, estudos e análises mais abrangentes sobre o setor da aviação civil brasileira – foram registrados 74 milhões de embarques no país feitos exclusivamente por empresas aéreas nacionais. Destes, 71 milhões são voos domésticos e pouco mais de 2 milhões são voos internacionais.

O documento apresenta informações revisadas e consolidadas de 31 companhias aéreas brasileiras e ainda,de 57 empresas estrangeiras que fazem voos de passageiros e carga com origem ou destino no Brasil.

Os dados podem ser usados para o planejamento dos setor, de forma a melhor direcionar investimentos e definir políticas públicas mais eficientes. Servem também de base para a tomada de decisões estratégicas como prospecção de mercado, planejamento de frota e ações concorrenciais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÃO DA PMA - RIO MIRANDA
No Rio Miranda, PMA autua pescador por pesca ilegal, apreende pescado e um pescador foge
BONITO - MS - EM ALERTA
Em Bonito e todo o MS, Defesa Civil emite alerta para mais riscos de tempestades
NOVA PESQUISA - GOVERNO DO MS
Azambuja mantém liderança no 2º turno em nova pesquisa divulga hoje terça 23 de outubro
POLÍTICA - DEPOIMENTO
VÍDEO: seção judiciária chefiada por Odilon foi investigada por venda de armas apreendidas
BONITO - MS
Campanha reúne fundos para conserto da Van da Pestalozzi em Bonito
A FAZENDA 10 - CLIMA QUENTE
A Fazenda 10: Nadja e Gabi trocam farpas, modelo se revolta quebra prato e confusão toma conta
RETA FINAL - NOVELA GLOBAL
Segundo Sol: Karola pode morrer no final de Segundo Sol; saiba mais
BONITO - MS - BEACH TENNIS
Bonitenses fazem bonito e campeões são definidos na 4ª etapa do estadual de Beach Tennis
TELEFONIA
STF julga inconstitucional lei de MS que proíbe tempo para uso de crédito de celular
POLÍTICA
Deputados analisam veto sobre recorrer de multa pela internet