Menu
KAGIVA
sexta, 25 de maio de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca
POSTO PRAÇA
ESCALADA PREÇOS

Novo aumento no combustível pode fazer gasolina chegar a R$ 4,30

1 Set 2017 - 07h12Por DA REDAÇÃO

Entra em vigor nesta sexta-feira (1º) novo reajuste no preço da gasolina. Hoje, a Petrobras anunciou aumento de 4,2% nas refinarias de todo o País. Este é o maior reajuste no preço do combustível desde a implantação da nova política de preços da estatal, há dois meses.

Na quarta-feira, a empresa já havia anunciado aumento de 0,5%, que entrou em vigor nesta quinta-feira.

De acordo com informações da Petrobras, paralelamente ao aumento de 4,2% também entra em vigor hoje um reajuste de 0,8%. Na quarta-feira, o diesel teve majoração de 2,5%.

Se repassado integralmente ao consumidor, o preço médio da gasolina pode passar de R$ 3,75 o litro em Campo Grande e o valor máximo pode chegar a até R$ 3,84. No Estado, o preço pode chegar a R$ 4,30.

De acordo com dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), na semana entre os dias 20 a 26 de agosto, a gasolina estava custando, em média, R$ 3,61 nos postos da Capital, sendo R$ 3,48 o valor mais em conta e R$ 3,69 o mais caro.

Quando comparado ao mesmo período do ano passado, a gasolina consumida hoje estás 11,76% mais cara. Em agosto de 2016, apontou os dados da ANP, o preço médio era de R$ 3,23 na Capital, sendo R$ 3,08 o mais em conta e R$ 3,49 o mais caro.

ESTADO

Em todo Mato Grosso do Sul, o preço máximo da gasolina pode passar dos R$ 4,30, caso o reajuste seja repassado integralmente. Ainda segundo dados da ANP, o valor médio do combustível no Estado é de R$ 3,66, sendo R$ 3,48 o valor mais baixo encontrado e R$ 4,19, o mais alto. O último levantamento da ANP foi feito entre os dias 20 e 26 de agosto.

Em comparação ao mesmo período do ano passado, o preço médio teve aumento de 7,17%. Há 12 meses, a gasolina era vendida ao preço médio de R$ 3,41 em postos do Estado, sendo R$ 3,08 o valor mais baixo e R$ 3,90 o mais alto encontrado.

REAJUSTES

Com o aumento da Petrobras, o preço da gasolina acumula alta nos últimos quatro dias (20 de agosto a 1º de setembro) de 4,7% e o óleo diesel de 4,2%.

A nova política de preços foi anunciada no fim do mês de junho. Em vez de esperar um mês para ajustar seus preços, a Petrobras agora avalia todas as condições do mercado para se adaptar, o que pode acontecer diariamente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SERVIÇOS PARALISADOS
Correios suspendem postagens de Sedex com greve de caminhoneiros
ENERGIA ELÉTRICA
Agepan irá fiscalizar 11 usinas geradoras de energia elétrica neste ano em MS
MEIO AMBIENTE DO ESTADO
Turismo de MS presente na maior feira de Observação de Aves da América Latina
LOTERIA
Sorteio da Mega-Sena desta quarta (16) concurso 2041 traz R$ 60 milhões
OPORTUNIDADES
Abertas inscrições para concurso com 118 vagas e salário de até R$ 10 mil
JUSTIÇA DO TRABALHO
Após nova lei, número de ações trabalhistas cai 30% em Mato Grosso do Sul
CIDADES
MS reduz em 25% pontos vulneráveis à exploração sexual infantil nas BRs
SUSTENTABILIDADE
Boas práticas agrícolas são selecionadas e premiadas em todo país
OPORTUNIDADES
Marinha faz seleção de 285 jovens para escola de formação
MATO GROSSO DO SUL
Receita libera consulta de restituição a 1.852 declarações