Menu
ITALÍNEA DOURADOS
sexta, 17 de agosto de 2018
KAGIVA
Busca

Nove meses após entrevista, MPE denuncia Ari Artuzi por racismo

17 Mai 2011 - 09h18Por Campo Grande News

Nove meses depois de suposto crime, o Ministério Público Estadual apresenta denúncia contra o ex-prefeito de Dourados, Ari Artuzi por racismo.

Em entrevista à emissora de rádio da cidade, em 14 de agosto de 2010, ele usou de expressão racista ao falar do trabalho realizado no município, alega o MPE.

No programa “Hora da Verdade”, da Grande FM, ao responder sobre os problemas enfrentados pela administração pública, ele disse literalmente “nóis temu fazenu serviço de genti branca; serviço de genti”.

Além de prisão, a promotoria pede que seja aplicada multa de 300 mil reais.

Ari Artuzi, na avaliação do MPE foi infeliz ao dizer a milhares de ouvintes que “gente qualificada é apenas quem ostenta a cútis alva, revelando inadmissível e execrável menoscabo aos outros segmentos étnicos nacionais, sobretudo à comunidade negra”.

Na denúncia, o Ministério Público Estadual alega “discurso infamante e racista proferido pelo outrora prefeito da 2.ª maior cidade de Mato Grosso do Sul repercutiu imediatamente, tanto que vários cidadãos reclamaram prontamente perante a emissora que transmitiu o pronunciamento. O telefone da rádio não cessava de tocar com ligações disparadas por ouvintes indignados”, relembra o promotor João Linhares Júnior..

A demora para a apresentação da denúncia, segundo o MPE, ocorre por tempo necessário para inquérito. Ele explica que o crime se difere de “injúria qualificada” pela utilização de elementos referente à raça e cor, destinados a kuma determinada pessoas. Já o crime de crime de racismo exige que o ataque seja à coletividade. São 12 páginas de denúncia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DO GOVENO DO MS
Governador afirma que pavimentação asfáltica da MS-223 começa nos próximos dias em Costa Rica
INELEGÍVEL
Procuradoria pede impugnação de candidatura do Zeca do PT
BONITO - MS - INAUGURAÇÃO
HOJE tem inauguração do Santo Rock Bar, caipirinha FREE para mulheres até meia-noite em Bonito (MS)
POLÍTICA
Parecer do TRE-MS dá aval para cassar vereadora Cida Amaral
MEIO AMBIENTE
Em fase final, projeto visa recuperar o Taquari com manejo correto do solo
BONITO - MS - AÇÕES NO ÁGUAS DO MIRANDA
BONITO (MS): Obras realiza serviços de revitalização no distrito Águas do Miranda
BONITO - MS
Almoço beneficente em prol do Instituto Visão de Vida acontecerá neste sábado em Bonito
CASO MAYARA
Acusado de matar a musicista Mayara Amaral diz que estava 'possuído'
ACIDENTE
Mulher é arremessada e morre em capotamento de veículo na BR-359
CIDADES
Mutirão vai analisar 11 mil processos de presos condenados em MS