Menu
KAGIVA
sexta, 17 de agosto de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Nova corrente marítima poderá mudar características do clima no Hemisfério Norte

23 Ago 2011 - 11h17Por Revista Veja online

Uma equipe internacional de pesquisadores confirmou a presença de um sistema profundo de circulação oceânica que pode influenciar significativamente no clima da Terra. A corrente, situada próxima a Islândia e chamada Jato Norte Islandês (NIJ, na sigla em inglês), tem um papel importante na circulação termoalina, o movimento global de águas pelas diferenças de temperatura e salinidade. O trabalho foi publicado no periódico Nature Geoscience.

O clima do planeta está ligado à circulação das águas dos oceanos. A circulação termoalina transporta a água quente para as latitudes mais altas e isso esquenta o ar no Hemisfério Norte. Em seguida a água esfria, afunda e retorna ao equador em grande profundidade. Como um grande rio que recebe afluentes, a circulação termoalina também recebe correntes menores que se iniciam em outras regiões. A NIJ, por exemplo, se inicia na região da Islândia.

A descoberta da NIJ, afirmam os pesquisadores, tem ramificações importantes no impacto da circulação das águas no clima. Isso porque pesquisadores do mundo todo acreditam que a corrente termoalina está diminuindo de velocidade por causa do aumento de temperatura global.

A grande quantidade de água proveniente de gelo derretido e outros fenômenos climáticos estão chegando ao norte do Atlântico Norte. Lá, essa água congela, não afunda e diminui a quantidade de água quente que poderia chegar ao Hemisfério Norte novamente. A longo prazo, essa série de situações pode levar a um clima mais gelado no Hemisfério Norte uma vez que a quantidade de água que poderia esquentar o ar seria menor.

Se uma grande quantidade dessa água vier da NIJ, uma corrente desconhecida até então, os cientistas precisarão repensar quão rápido a conversão de água quente em fria ocorre na corrente termoalina e se esse processo é alterado pela alta da temperatura global. Os resultados levantam perguntas sobre como a circulação mundial dos oceanos vai responder as mudanças climáticas. O próximo passo é fazer uma análise de campo para quantificar e distinguir a NIJ de outras correntes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - INAUGURAÇÃO
HOJE tem inauguração do Santo Rock Bar, caipirinha FREE para mulheres até meia-noite em Bonito (MS)
POLÍTICA
Parecer do TRE-MS dá aval para cassar vereadora Cida Amaral
MEIO AMBIENTE
Em fase final, projeto visa recuperar o Taquari com manejo correto do solo
BONITO - MS - AÇÕES NO ÁGUAS DO MIRANDA
BONITO (MS): Obras realiza serviços de revitalização no distrito Águas do Miranda
BONITO - MS
Almoço beneficente em prol do Instituto Visão de Vida acontecerá neste sábado em Bonito
CASO MAYARA
Acusado de matar a musicista Mayara Amaral diz que estava 'possuído'
ACIDENTE
Mulher é arremessada e morre em capotamento de veículo na BR-359
CIDADES
Mutirão vai analisar 11 mil processos de presos condenados em MS
DEFESA SANITÁRIA
Campanha de vacinação da febre aftosa atinge 99% de cobertura em MS
SAÚDE
Pesquisa indica que 16 milhões de brasileiros vivem sem nenhum dente