Menu
ASSOMASUL MARÇO
segunda, 25 de maro de 2019
mutantes
Busca
ÁGUAS DE BONITO

No Estado, 258 mil que devem R$ 313 milhões ao comércio poderão renegociar dívidas

5 Set 2011 - 08h32Por Correio do Estado

Mato Grosso do Sul tem 258 mil pessoas que devem R$ 313,6 milhões e estão impedidos de comprar a prazo no comércio. São 388,4 mil débitos, com valor médio de R$ 807,46, segundo o Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC). Para tentar reverter este quadro a campanha de recuperação de crédito “Nome Limpo”, da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG), será, pela primeira vez, estendida ao interior.

O potencial de participantes é de 12 mil empresas, em 57 das 78 cidades onde há associação do comércio. Pelo menos 30 entidades já foram consultadas e devem aderir à campanha única, marcada para novembro.

Se consideradas as dívidas computadas por órgãos nacionais, o acumulado sobe para R$ 2,1 bilhões. O foco da campanha, porém, é solucionar débitos registrados nas 57 unidades do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) do Estado, ligadas às associações.

“Nosso objetivo é colocar mais pessoas no mercado consumidor”, explica o presidente da Federação das Associações Comerciais (Faems), Antonio Freire. Ele considera a inadimplência do consumidor mais preocupante no interior que na Capital.

Os de Dourados, por exemplo, acumulavam, em julho, R$ 30 milhões em débitos, quase a metade das dívidas dos campo-grandenses, de R$ 65 milhões, segundo o SCPC.A explicação seria o hábito. No interior, conhecer o dono da loja levaria o devedor a acomodar-se, teoriza Freire. Ele desconsidera outras possibilidades, como desemprego ou o crescimento do crédito, que acelerou o endividamento no País.

Outra novidade deste ano, para os empresários, é a possibilidade de instalar pontos de atendimento do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) em suas lojas. Hoje, o consumidor consulta e paga suas dívidas apenas na central do órgão.

A campanha será lançada no próximo dia 13. A previsão é que ocorra entre 7 e 16 de novembro. No ano passado, 10,6 mil consumidores da Capital quitaram R$ 3,7 milhões em dívidas e deixaram o cadastro negativo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Edital do Enem é divulgado; taxa de inscrição é de R$ 85
EMPREGOS E CONCURSOS
Inscrições de concurso do Conselho Regional de Educação Física terminam dia 15
EDUCAÇÃO
Inscrições do Encceja começam em maio; provas serão aplicadas em agosto
TEMPO E TEMPERATURA
Semana começa com céu aberto e calor de até 37°C em MS
MEIO AMBIENTE
Projeto nos municípios da Bacia do Taquari proporciona conservação de 8,6 mil hectares de solo
ECONOMIA
Com ações do Estado, Porto Murtinho se tornará o maior polo exportador de MS
BONITO - MS - LUTO
Bonito (MS) perde Seu Ademarzinho e prefeitura divulga nota de pesar
TRAGÉDIA FAMILIAR
Morador de Maracaju comete suicídio com tiro na cabeça em confraternização familiar em Rio Brilhante
Cidades
Homem é assassinado a pauladas ao matar e comer galo de vizinho em cidade do MS
GREVE VINDO AÍ
Monitoramento mostra que caminhoneiros já se mobilizam para nova paralisação