Menu
ITALÍNEA DOURADOS
segunda, 10 de dezembro de 2018
KAGIVA
Busca

MS projeta alta de 10,5% na produção de cana-de-açúcar

2 Set 2011 - 11h31Por Fabiane Dorta - Diário MS

A produção brasileira de cana-de-açúcar deve ser 5,6% menor que a do ano passado, de acordo com o 2º levantamento da safra divulgado esta semana pela Conab (Companhia Nacional do Abastecimento). Mas, na contramão do país, Mato Grosso do Sul apresentou, na mesma publicação, uma expectativa de aumento na produção em 10,5%,

Para a companhia, a baixa esperada na produção do país está aliada a diversos fatores, mas principalmente ao clima, com secas, geadas e chuvas em excesso, e fora de época, que atingiram as principais regiões produtoras do Centro-Sul, inclusive Mato Grosso do Sul, trazendo queda na produtividade.

“Os outros fatores que reforçam a queda da produtividade são: A falta de renovação dos canaviais no momento adequado, a diminuição da quantidade de insumos aplicados devido a descapitalização dos produtores menores e a utilização da mecanização da colheita, que acelera a necessidade de renovação do canavial”, descreve o relatório do levantamento da Conab.

A produtividade das lavouras no Brasil teve queda de 9,8% em relação à safra passada. Neste quesito, o Estado acompanhou o país ainda que em índices menores, a diminuição deve ser de 8,9% na rentabilidade em quilos por hectare, se comprada esta safra 2011/2012 com a passada, 2010/2011. Os números baixos são ainda menores do que o esperado pelos produtores.

Para a Conab, o desenvolvimento das lavouras este ano está “aquém do ideal e inferior ao da safra passada” em todo Brasil. No entanto, apesar de menos acelerada, a cana-de-açúcar continua em expansão. Entre os Estados brasileiros, MS foi o segundo que mais cresceu em área plantada de forma significativa, 84.700 hectares a mais, que representa um aumento de 21,38% em relação à safra passada, ficando atrás somente de Minas Gerais.

ETANOL

Das 37.002,2 mil toneladas de cana produzidas em Mato Grosso do Sul, a maior parte (23.052,4 mil toneladas) deve ser destinada ao Etanol, 62,3% do total. Apesar de ainda ser maioria, o volume direcionado ao álcool é menor em 0,55%, com relação à safra passada. Em litros, a queda deve ser de 5,74%, em relação ao ano anterior, na produção total de etanol, que é dividido entre o anidro e o hidratado.

A porcentagem da cana destinada ao Etanol Anidro, que é aquele usado para misturar com a gasolina, será maior em 20,33% este ano, podendo apresentar uma alta em litros de 14,38% no Estado. Já o Etanol Hidratado, usado diretamente como combustível, deve ser menos produzido este ano, com 5,97% de queda na produção em Mato Grosso do Sul.

AÇÚCAR

Ainda que represente somente 37,7% destinação da cana no Estado, menos do que o produzido para Etanol, as 13.949,8 mil toneladas voltadas ao açúcar representam um acréscimo na destinação ao produto em 35,78%. Em toneladas, o aumento chega a 29,06% em relação à safra passada em MS. A opção das indústrias, não só sul-mato-grossenses, em produzir mais açúcar, está ligada ao bom momento para venda do produto no mercado internacional.

“O Brasil responde por 44% do comércio mundial de açúcar, consolidando-se como importante agente no mercado internacional. A redução da safra brasileira de açúcar, associada à redução da safra indiana, outro grande fornecedor mundial deste produto, trouxeram forte valorização às cotações internacionais”, indica o relatório da Conab, justificando a preferência de algumas indústrias em aumentar a fatia da moagem à produção de açúcar este ano.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADES NO MS
UFMS abre 74 vagas para professores substitutos com salário de até R$ 6 mil em 7 cidades do MS
VÍDEO - UFC - MARRETA
Assista ao nocaute de Thiago Marreta sobre Manuwa no UFC
DOURADOS - ASSALTO À IDOSA
Idosa é espancada, esfaqueada e vai parar na UTI após assalto em Dourados
AÇÕES DA G.M DE BONITO
Guarda Municipal de Bonito prende condutor embriagado em flagrante
AÇÕES DA GUARDA MUNICIPAL DE BONITO
Menores são presos por estarem destruindo o patrimônio público em Bonito
CONCURSOS
EDITAL da Polícia Militar abre 120 vagas com salário de R$ 5.769,42
TECNOLOGIA - ANDROIDS
Estes 22 apps detonam a bateria de milhões de Androids; veja a lista
BONITO - MS - NO JAPÃO - MMA
Bonitenses Sidy Rocha e a Edna Trakinas lutam neste domingo em Tokyo no Japão
BONITO - MS - AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Governador entrega na terça-feira mais de R$ 36 milhões em obras em Bonito (MS)
DOR E TRISTEZA
Gabrielly começou a ser agredida por colegas após presentear professora, diz família