Menu
ASSOMASUL MARÇO
quarta, 24 de abril de 2019
mutantes
Busca
ÁGUAS DE BONITO
BONITO - MS - TROTE NA ESCOLA

MS já registra seu 10º trote de ‘massacre em escola’, o último contabilizado foi em Bonito (MS)

MS já registra seu 10º trote de ‘massacre em escola’, o último contabilizado foi em Bonito (MS)

13 Abr 2019 - 10h43Por BONITO INFORMA / REDAÇÃO

BONITO - MS – O falso alarme “Trote” ocorrido na manhã de ontem, sexta-feira (12), na cidade de Bonito (MS), foi contabilizado, 10 casos em Mato Grosso do Sul, caso que vem se transformando e pânico após o ataque que ocorreu em Suzano (SP).

Dourados e Campo Grande também registram esse tipo de ocorrência, onde na quinta-feira (11), a polícia identificou mais três ameaças de massacre em escolas públicas de Mato Grosso do Sul.

“MASSACRE NA ESCOLA FALCÃO 10H30”

Na manhã desta sexta-feira (12), a diretora da Escola Estadual Luiz da Costa Falcão, Ramona de Lima Aquino, entrou em contato com a polícia civil de Bonito para denunciar que redes de acesso à internet começaram a aparecer para alunos da escola com nomes como “Massacre na escola Falcão 10h30”.

O delegado enviou uma equipe de policiais civis para investigar os fatos e descobriu que se tratava de redes de compartilhamento de internet móvel criadas, nos próprios aparelhos celulares, pelos alunos com o objetivo de criar pânico entre os colegas.

Em ação preventiva, os investigadores reuniram todos os estudantes no ginásio do colégio para uma palestra sobre a gravidade deste tipo de brincadeira e orientá-los dos procedimentos que devem ser adotados diante de situações de risco desta natureza.

O delegado responsável, Gustavo Henriques Barros, explicou que é importante conscientizar os adolescente sobre a gravidade deste tipo de “trote”, já que toda uma equipe policial é mobilizada para atender ocorrências desta gravidade.

“Este tipo de alarme falso gera um desgaste”, explicou a autoridade. Segundo o delegado, os responsáveis pela brincadeira poderão responder criminalmente. “Quando realmente existir indícios de uma ameaça desta magnitude, a polícia civil deve ser imediatamente acionada para impedir que a ação criminosa aconteça”, afirmou Henriques.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MIRANDA - NOVAS ELEIÇÕES
TRE/MS volta atrás e diz que população escolherá em novas eleições o novo prefeito de Miranda
CIDADES
Dias Toffoli chama para conciliação com indígenas e revolta sitiantes
POLÍTICA
Deputado quer proibir sátira de imagens cristãs em manifestações de MS
COTIDIANO
Amigos lamentam falecimento de Rubens Catenacci, referência na pecuária brasileira
TURISMO
Boletim comparativo de alta temporada do ObservaturMS mostra crescimento no fluxo turístico
GERAL
MPT investiga demissão de funcionários da Mabel sem aviso prévio em MS
EDUCAÇÃO
Governo de MS divulga inscrições para Vale Universidade Indígena
MEIO AMBIENTE
Desmatamento prossegue em Rio Verde, mas com nova faixa de preservação
POLÍCIA
Traficante foge e abandona picape com mais de 800 kg de maconha
POLÍTICA
Prefeita de Miranda continua no comando até ser notificada de cassação