Menu
KAGIVA
quarta, 15 de agosto de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

MS deve ganhar cerca de 700 km de estradas pavimentadas até o próximo ano

10 Ago 2011 - 17h03Por Campo Grande News

Com frentes de obras em todas as regiões de Mato Grosso do Sul, o Governo Estadual estima que até março do próximo ano cerca de 700 km de estradas pavimentadas, que já passam por obras, sejam entregues.

Hoje, MS possui 4 mil km de estradas estaduais asfaltadas. Os novos 700 km significam 17,5% da malha rodoviária atual. Segundo o secretário de Estado de Obras Públicas e de Transportes (SEOP), Wilson Cabral, em entrevista ao Campo Grande News, duas obras prestes a serem entregues possuem maior importância para o Estado.

Segundo Cabral, a pavimentação asfáltica da MS-178, que liga Bonito a Bodoquena, ampliará a facilidade para os turistas. “A previsão de entrega da obra é o final deste ano. Vamos dar um acesso melhor para o Balneário Municipal de Bodoquena, e para as várias pousadas da região. Sem contar, que vamos abrir um acesso direto para o Pantanal, pela MS-339 até Miranda. Vão começar a existir pacotes para as pessoas conhecerem Bonito e o Pantanal”, explicou o secretário.

As obras na MS-178 possuem extensão de 69,5 km e investimento total de R$ 67.882.459,23.

Também segundo Cabral, outra importante obra é a MS-436, que liga os municípios de Camapuã, Figueirão e Alcinópolis. Para o secretário de Obras Públicas e Transporte, a pavimentação das rodovias da região auxilia na retirada das cidades, em especial Alcinópolis, do isolamento. A MS-436 será asfaltada em uma extensão de 163,4 km, com custo contratado de R$ 197.548.769,14.

Além dos 700 km de pavimentação asfáltica, cerca de 600 km de rodovias estaduais estão sendo recapeadas.

Desafios-Segundo Wilson Cabral, as próximas obras devem focar as rodovias estaduais da região de Santa Rita do Rio Pardo, pela falta de asfalto nas ligações entre municípios próximos. Também deve ser realizadas obras na MS-359, entre Coxim e Alcinópolis.

Segundo o secretário, MS tem 12 mil km de estradas estaduais sem asfalto, o triplo da extensão das pavimentadas. “O custo de pavimentação é muito alto, cerca de 1 milhão por quilômetro, e isso impede o asfaltamento de tudo”, explica Cabral.

Outra preocupação da pasta é com a chegada da época de colheita dos grãos, principalmente nas regiões das cidades de Maracaju e Chapadão do Sul. “É um problema eterno, temos que cuidar, reformar as estradas, tanto as com asfalto quanto as sem, porque os caminhões têm que passar”, relata o secretário estadual de Obras Públicas e Transporte.

Pontes-Após as fortes chuvas que assolaram Mato Grosso do Sul no início do ano, foram liberados, pelo Governo Federal, R$ 30 milhões para a construção de 37 pontes de concreto no Estado, em substituição as que foram destruídas ou afetadas pela força das águas.

Uma das pontes com maior extensão, a ponte no distrito de Piraputanga, em Aquidauana, com 84m, deve ficar pronta ainda neste fim de ano, segundo o engenheiro responsável, Jorge Afif.

Ainda segundo Afif, as 37 pontes possuem uma extensão total de 1.628 metros.

Deixe seu Comentário

Leia Também

STOCK CAR 2018
Bons retrospecto em MS anima pilotos da Cavaleiro Sports
CASO DE POLÍCIA
Boliviana denuncia estupro de criança de 8 anos em fazenda no Pantanal
CIDADES
Na contramão do nacional, MS registra queda na mortalidade materna
POLÍTICA
Para eleitores, 2º turno a presidente será entre Bolsonaro e Alckmin
POLÍTICA
Aprovado projeto que proíbe pedófilos de concorrer em concurso estaduais
SAÚDE
CFM lança código de ética para estudantes de medicina
ECONOMIA
Empresários brasileiros buscam ampliar parcerias com o Paraguai
EDUCAÇÃO
Resolução libera curso Técnico de Hospedagem em polo de escola no interior do Estado
CULTURA
Publicado edital de seleção para artesãos participarem do Salão do Artesanato em São Paulo
BONITO - MS - PODAS ORNAMENTAIS
Empresas credenciadas poderão realizar podas ornamentais em Bonito (MS)