Menu
BONITO_PREFEITURA_FEVEREIRO_2019
domingo, 17 de fevereiro de 2019
mutantes
Busca
UNIPAR_PC

MPF considera como genocídio o ataque a indígenas em Iguatemi

8 Set 2011 - 17h29Por Correio do Estado/Com informações do Ministério Público Federal

O Ministério Público Federal de Dourados pediu abertura de inquérito e considera como genocídio o ataque aos indígenas guarani-kaiowá no dia 23 de agosto. Os índios estavam acampados em Iguatemi (MS) às margens de uma estrada quando foram abordados por homens armados. 

Um dos líderes do grupo afirmou que dois caminhões cheios de homens chegaram atirando, ordenaram para queimar barracas e roupas e amarrar todos índios.

O ataque deixou feridos e o acampamento foi queimado, juntamente com pertences e alimentos. Há indícios de formação de milícia armada e no local, foram encontrados cartuchos de munição calibre 12.

Depois do ataque, os indígenas retornaram ao acampamento. Conhecida como Puelito Kue, a área reivindicada pelo grupo de indígenas já foi estudada pela Funai e o relatório está em fase final de redação. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

VOCÊ É DE ACORDO?
Vereador veterinário Francisco quer microchipar cães e gatos em Campo Grande
BONITO - MS - OS CAMPEÕES
Bonito (MS): Sob forte calor, Mountain Bike e Duathlon fecham o Bonito Cross, Confira os ganhadores
CARNAVAL NO RIO DE JANEIRO
Descalça, sob chuva e com beijo, Ellen Rocche ensaia em SP, VEJA FOTOS
MINIBOLT - VEJA VÍDEO
MiniBolt, menino de 7 anos está chocando o mundo com sua velocidade espantosa, VÍDEO
DOURADOS - COLISÃO MATOU OS DOIS
Em Dourados, VÍDEO mostra colisão frontal entre motos que matou dois, assista
BONITO - MS - NOVO HORÁRIO
Com o fim do horário de verão Balneário tem novo horário de funcionamento em Bonito (MS)
BONITO - MS - REIVINDICAÇÃO
Meio Ambiente pede mais 10 policiais e 3 viaturas para PMA em Bonito (MS)
MARACAJU - SEGURANÇA
Em Maracaju, Operação Petra cumpre 18 mandados de busca e apreensão e prende três pessoas
AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Na fronteira, Reinaldo entrega R$ 1,4 milhão em equipamentos agrícolas
POLÍCIA
Homem é preso em MS por estuprar crianças, filmar e divulgar vídeos