Menu
KAGIVA
segunda, 20 de agosto de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

MP apura irregularidades na Superintendência do Dnit

6 Mai 2011 - 11h51Por Campo Grande News

O MPF (Ministério Público Federal) instaurou inquérito civil público nesta quinta-feira (5) para apurar irregularidades na Superintendência do Dnit (Departamento de Infra-Estruturas de Transporte) em Mato Grosso do Sul. A intenção é verificar a atuação do órgão na rodovia BR-158 em Paranaíba, cidade distante 422 quilômetros de Campo Grande.

Trecho da rodovia na altura do Km 94, que passa dentro do município, se tornou perigoso para a população. Foi encaminhada a recomendação para o órgão, após uma denuncia de uma pessoa que relatou vários acidentes com morte na rodovia e a dificuldade que os moradores têm em atravessar o trecho que passa por dentro do perímetro urbano.

O inquérito vai apurar se o departamento está tomando as medidas necessárias para garantir a segurança dos pedestres. No local havia uma lombada eletrônica que foi desativada, e o trânsito ficou mais perigoso. Inclusive o trecho é utilizado por crianças que vão para a escola. Então o MPF recomendou que o Dnit implante ali um método eficiente para reduzir os acidentes no local.

Foi sugerido pelo procurador da República Leonardo Augusto Guelfi, que fosse reativada a lombada, ou que implantasse a sinalização para alertar os motoristas que no trecho tem pedestre transitando. A representação foi protocolada hoje, o órgão regional tem15 dias para responder. Se o Dnit não respeitar, o MPF pode aplicar medidas judiciais cabíveis.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PROPAGANDA ANTECIPADA
Juiz rejeita recurso e mantém multa de R$ 31,5 mil a Odilon por uso de outdoors
AÇÕES DO GOVENO DO MS
Em 4 anos, Governo Reinaldo entrega mais pontes de concreto do que em toda história do Estado do MS
BONITO - MS
Jogos Escolares 2018 terão início nesta segunda-feira, dia 20 em Bonito
EM MIRANDA - MS - CASO DE POLÍCIA
Donos de casa noturna são presos por estupro coletivo de adolescente em Miranda
STOCK CAR
Vítima atropelada na Stock Car Light permanece no CTI
TJMS
Tribunal de Justiça triplica valor do "auxílio saúde" para juízes e desembargadores
ECONOMIA
Tesouro pagou em julho R$ 602,43 milhões em dívidas de estados
EDUCAÇÃO
Começam hoje inscrições para bolsas remanescentes do ProUni
JUSTIÇA
Ministras do STF conclamam mulheres a buscar igualdade pelo voto
ESTUDANTE DE MEDICINA NO PARAGUAI
Estudante de medicina foi morta com mais de 16 facadas na fronteira; namorado é principal suspeito