Menu
BONITO_PREFEITURA_FEVEREIRO_2019
quinta, 21 de fevereiro de 2019
mutantes
Busca
ITALÍNEA DOURADOS

Mortos por terremoto e tsunami no Japão passam de 500

12 Mar 2011 - 10h00Por Folha.com

O governo japonês elevou neste sábado para 503 o número de mortos pelo terremoto de magnitude 8,9 seguido de um tsunami que devastou a região leste do país na sexta-feira, e estimativas já apontam para mais de 1.000 vítimas. O país ainda vive a tensão de novos problemas advindos da catástrofe devido ao risco de novos tsunamis e de vazamento de radiação em duas usinas nucleares.

O principal porta-voz do primeiro-ministro Naoto Kan e secretário-chefe do gabinete, Yukio Edano, declarou que 'se teme a morte de mais de mil pessoas', conforme as operações de resgate vão trabalhando ao largo da costa leste da ilha de Honshu, a maior do país, onde ondas gigantescas destruíram mais de 3.000 casas.

 

24 horas após a catástrofe, a contagem da Agência Nacional de Polícia aponta para 503 mortos, 1.040 feridos e 740 desaparecidos. Porém, a polícia de Sendai, a cidade mais atingida pelo tsunami, indicou que ao menos 200 corpos foram encontrados na costa devastada.

O Ministério da Defesa informou hoje que 1.800 residências em Minami Soma foram destruídas, e as autoridades de Sendai indicam mais 1.200 casas derrubadas pelo tsunami.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GESTÃO PÚBLICA
Reinaldo Azambuja fala sobre desafios da nova gestão em entrevista à GloboNews
BONITO - MS - CONGRESSOS DE NETWORKING
Bonito (MS) receberá pelo menos 10 mil visitantes na baixa temporada em busca de networking em 2019
AGORA DEU MEDO
PMA captura cascavel de 1,3 metros em residência na Capital
GERAL
Em MS, 38 radares voltam a operar na BR-163 a partir da próxima semana
TEMPO E TEMPERATURA
Alerta: 24 cidades de MS estão com aviso de tempestade de perigo potencial
BONITO - MS - POLÍCIA
Vítima de 'estupro virtual' volta para casa e retoma rotina na escola em Bonito (MS)
GERAL
Sistema do Detran-MS continua fora do ar nesta quarta-feira
GERAL
Gabaritos do Enade 2018 já estão disponíveis no site do Inep
COTA ZERO
Deputados pedem que caça do jacaré seja liberada
POLÍCIA
Homem é preso, suspeito de exploração sexual de criança