Menu
KAGIVA
sexta, 17 de agosto de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Montillo é expulso e Cruzeiro cai para Atlético em Minas

9 Mai 2011 - 11h22Por Folha.com

Jogando ao lado de sua torcida, já que não havia torcedores cruzeirenses na Arena do Jacaré, o Atlético bateu o Cruzeiro por 2 a 1, neste domingo, pela primeira partida da decisão do Estadual de Minas.

O meia argentino Montillo foi expulso aos 46min da segunda etapa, quando deu um carrinho por trás do jogador atleticano, e está fora do segundo confronto da final.

Os gols foram marcados por Mancini e Patric para o Atlético. Wallysson descontou para o rival. Agora, para ser campeão, o time dirigido por Dorival Júnior precisa de um empate. O Cruzeiro necessita de uma vitória simples, na volta, no mesmo estádio, para faturar a competição.

 

O JOGO

O clássico mineiro começou movimentado e com um gol logo aos 4min. Mancini, jogando de atacante, tentou um drible na ponta esquerda e recebeu a falta. Ele mesmo bateu e marcou o primeiro gol da partida, surpreendendo o goleiro Fábio, que esperava um cruzamento.

O Cruzeiro não se abateu, apesar dos gritos de 'eliminado' --em alusão à saída da Libertadores, quando o time dirigido por Cuca perdeu de 2 a 0 para o Once Caldas, em casa, e se 'despediu' do torneio continental.

Porém, por muito tempo, a equipe, visitante no duelo de hoje, arriscava apenas chutes de fora da área, sem sucesso. Quando resolveu tocar a bola, conseguiu empatar o confronto.

Wallysson recebeu na entrada da área, chutou cruzado e o goleiro Renan Ribeiro não conseguiu realizar a defesa.

Porém, oito minutos depois, Magno Alves achou o lateral direito Patric livre na área e, em um lance muito parecido com o do tento cruzeirense, o jogador recolocou os mandantes em vantagem.

Na volta do intervalo, Cuca tirou Pablo e promoveu a entrada de Leandro Guerreiro para tentar acertar a marcação na ala direita do Cruzeiro.

A substituição deu resultado, pois o Atlético pouco criou na segunda etapa, mas o Cruzeiro perdeu o poder ofensivo. O treinador do Cruzeiro ainda colocou o volante Fabrício no lugar do atacante Ortigoza.

É a primeira partida do jogador nesta temporada. A última aparição dele foi no duelo polêmico contra o Corinthians, válido pelo Campeonato Brasileiro-2010. Naquela oportunidade, o atleta pediu para sair, pois ficou irritado com a marcação de um pênalti a favor do time paulista. Depois, ele se contundiu e voltou apenas neste domingo.

O segundo tempo foi marcado pelo nervosíssimo. Foram cinco cartões amarelos --três para o Atlético e dois para o Cruzeiro-- e muitas reclamações, envolvendo, principalmente, Neto Berola, que entrara na etapa final e o próprio Fabrício.

Ambas equipes criaram poucas oportunidades de gol e o marcador do primeiro tempo foi mantido.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DO GOVENO DO MS
Governador afirma que pavimentação asfáltica da MS-223 começa nos próximos dias em Costa Rica
INELEGÍVEL
Procuradoria pede impugnação de candidatura do Zeca do PT
BONITO - MS - INAUGURAÇÃO
HOJE tem inauguração do Santo Rock Bar, caipirinha FREE para mulheres até meia-noite em Bonito (MS)
POLÍTICA
Parecer do TRE-MS dá aval para cassar vereadora Cida Amaral
MEIO AMBIENTE
Em fase final, projeto visa recuperar o Taquari com manejo correto do solo
BONITO - MS - AÇÕES NO ÁGUAS DO MIRANDA
BONITO (MS): Obras realiza serviços de revitalização no distrito Águas do Miranda
BONITO - MS
Almoço beneficente em prol do Instituto Visão de Vida acontecerá neste sábado em Bonito
CASO MAYARA
Acusado de matar a musicista Mayara Amaral diz que estava 'possuído'
ACIDENTE
Mulher é arremessada e morre em capotamento de veículo na BR-359
CIDADES
Mutirão vai analisar 11 mil processos de presos condenados em MS