Menu
mutantes
quinta, 21 de fevereiro de 2019
BONITO_PREFEITURA_FEVEREIRO_2019
Busca
ITALÍNEA DOURADOS

Moka defende política nacional para tratamento de dependentes quimicos

7 Set 2011 - 12h17Por Campo Grande News

O senador Waldemir Moka (PMDB-MS)) defendeu nesta terça-feira (6) a adoção de uma política nacional para tratamento e recuperação de dependentes químicos. Em pronunciamento na tribuna do Senado, o senador afirmou que as ações para atender aos viciados têm sido realizadas sem coordenação e objetivos.

Moka pediu mais apoio do governo federal às comunidades terapêuticas. “Além da falta de apoio a essas entidades, há carência de profissionais envolvidos no tratamento de drogados, como psiquiatras, psicólogos, inclusive nas emergências”, afirmou.

O senador faz parte da Subcomissão Temporária de Políticas Sociais sobre Dependentes Químicos, do Senado. Moka explicou que a subcomissão vai realizar seminário no próximo mês para apresentar o resultado de quatro meses de trabalho.

“Tenho certeza de que o diagnóstico vai ajudar o governo federal a conhecer a realidade do problema. Além de uma radiografia, vamos sugerir propostas e medidas para tirar os projetos do papel”, comentou.

Paraguai Moka diz que a situação é tão ruim que viciados de Ponta Porã estão sendo tratados em leitos psiquiátricos de Pedro Juan Caballero. “Ali ocorre situação inusitada. Sem leitos para atender aos dependentes, o município recorre à estrutura do país vizinho, mais pobre e carente de infraestrutura”, revelou.

Segundo a secretária de Assistência Social de Ponta Porã, Doralice Nunes, os problemas só serão resolvidos se o governo federal elaborar política nacional com ações imediatas para tratar dos dependentes químicos.

A secretária de Trabalho e Ação Social do Estado, Tânia Garib, defende a liberação de recursos para as comunidades terapêuticas por meio de convênios e a criação de cursos de qualificação para reinserção no mercado de trabalho dos viciados em recuperação.

Em Mato Grosso do Sul, segundo a secretária, há 43 entidades terapêuticas trabalhando no tratamento e na recuperação de usuários de drogas. “Nenhuma delas recebe ajuda financeira do governo federal para fazer esse trabalho social”, afirma.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GESTÃO PÚBLICA
Reinaldo Azambuja fala sobre desafios da nova gestão em entrevista à GloboNews
BONITO - MS - CONGRESSOS DE NETWORKING
Bonito (MS) receberá pelo menos 10 mil visitantes na baixa temporada em busca de networking em 2019
AGORA DEU MEDO
PMA captura cascavel de 1,3 metros em residência na Capital
GERAL
Em MS, 38 radares voltam a operar na BR-163 a partir da próxima semana
TEMPO E TEMPERATURA
Alerta: 24 cidades de MS estão com aviso de tempestade de perigo potencial
BONITO - MS - POLÍCIA
Vítima de 'estupro virtual' volta para casa e retoma rotina na escola em Bonito (MS)
GERAL
Sistema do Detran-MS continua fora do ar nesta quarta-feira
GERAL
Gabaritos do Enade 2018 já estão disponíveis no site do Inep
COTA ZERO
Deputados pedem que caça do jacaré seja liberada
POLÍCIA
Homem é preso, suspeito de exploração sexual de criança