Menu
KAGIVA
quinta, 20 de setembro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Moka defende demarcação mas diz que produtor não pode "pagar sozinho essa conta"

28 Mar 2011 - 18h14Por Campo Grande News

O senador Waldemir Moka (PMDB) defendeu a demarcação de terras indígenas em Mato Grosso do Sul, no entanto, afirma que o produtor não pode “pagar sozinho essa conta que é de toda a sociedade”.

O parlamentar argumenta que os produtores que tiverem suas áreas desapropriadas pela União têm o direito de receber o valor justo pela terra e benfeitorias.

“A maioria dessas terras é habitada há mais de século pelas mesmas famílias, cuja posse vem passando de pai pra filho”, justifica.

Moka também defendeu a adoção de políticas específicas para a região de fronteira, como forma de aproximar o Brasil do Paraguai e Bolívia.

Uma das sugestões é que esses países desenvolvam ações para melhorar a relação comercial, proteger os rebanhos animais e dar mais segurança às populações vizinhas.

O peemedebista participou, no sábado, da abertura da 37ª Feira Agropecuária de Ponta Porã, a Exporã. (Com informações da assessoria)

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - VAMOS AJUDAR
Churrasco beneficente em prol Hospital acontece dia 30 em Bonito (MS)
HORÁRIO DE VERÃO 2018
Horário de Verão pode ser extinto em todo território nacional
BONITO - MS - VISITA NO GABINETE
BONITO: Odilson recebe alunos que participam do Programa Agrinho, modalidade Experiência Pedagógica
BONITO - MS - REIVINDICAÇÃO ATENDIDA
Lúcia Miranda tem reivindicação atendida pela prefeitura com instalação de semáforo em Bonito (MS)
ELEIÇÕES 2018
Odilon perde para Reinaldo e vai ter que fazer propaganda para tucano em rede social
OPERAÇÃO VOSTOK
Polaco presta depoimento na Operação Vostok e nega contato com Reinaldo Azambuja
ELEIÇÕES 2018 -
Justiça indefere registro candidatura de João Grandão e mais 9 candidatos em MS
ESPORTES
Inscrições para Jogos Radicais Urbanos terminam nesta quinta
LIGA DOS CAMPEÕES 2019
Lateral de MS marca e garante empate do Shakhtar Donetsk na estreia
FALSO POLICIAL
Falso policial condenado a 117 anos é preso na Bolívia