Menu
KAGIVA
tera, 18 de dezembro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca
UNIPAR_PC

Ministério Público Militar analisa 96 contratos do Exército com dispensa de licitação

2 Ago 2011 - 11h33Por Agência Brasil

 Ministério Público Militar (MPM) divulgou hoje (2) comunicado informando que está analisando 96 procedimentos com dispensa de licitação autorizadas Departamento de Engenharia e Construção (DEC) do Exército. De acordo com o MPM, há indícios de fraudes nos procedimentos licitatórios celebrados no convênio que o DEC fez com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) entre 2005 e 2009 para desenvolvimento de projetos de engenharia em rodovias.

O órgão também informa que, no dia 29 de junho último, o 2º Ofício da Procuradoria de Justiça Militar no Rio de Janeiro (PJM/RJ) ofereceu denúncia contra seis militares do Exército e nove civis por desvio de recursos públicos em licitações realizadas pelo Instituto Militar de Engenharia (IME), em 2004 e 2005. “O prejuízo aos cofres públicos causados pelas irregularidades está orçado em R$ 11 milhões. Os envolvidos foram denunciados pela prática do crime de peculato”, segundo o comunicado, sem divulgar os nomes dos acusados.

O MPM também informa que dois dos oficiais denunciados pela PJM/RJ permaneceram com encargos relacionados a licitações após o término do convênio Dnit/IME, ocorrido em 2005 e que chefiaram o Centro de Excelência em Transportes (Centran), órgão criado em um novo acordo firmado entre o Exército Brasileiro e o Ministério dos Transportes.

Em reportagem divulgada no fim de semana, a Folha de S.Paulo noticiou que o comandante do Exército, general Enzo Martins Peri, e mais sete generais viraram alvo de uma investigação da Procuradoria-Geral de Justiça Militar sob a suspeita de terem envolvimento em fraudes em obras feitas para o Dnit. O jornal também informa que foram encontrados indícios de fraude em 88 licitações feitas pelo Exército para executar obras do Ministério dos Transportes.

O MPM informa que, tão logo haja parecer sobre a análise dos contratos, tomará as devidas medidas legais referentes às licitações realizadas pelo convênio DEC/Dnit entre 2005 e 2009.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - TERERÉS A POSTOS
Preparem o tereré, quarta e quinta terá máxima de 39°C com sensação de 42°C em Bonito
CASO MARIELLE
Caso Marielle: suspeito preso era ocupante do carro dos bandidos que mataram vereadora
TRAGÉDIA FAMILIAR
Criança de 2 anos se pendura em tanque de lavar roupas, cai e morre
OPORTUNIDADES
TCE abre 70 vagas em várias áreas para estagiários em MS
BANDIDAGEM - NÃO SOBRE NEM A IGREJA
Em MS, bandidos arrombam porta de Igreja e fogem com dinheiro das doações
FATALIDADE
Operador de máquina de 56 anos morre após acidente grave na Cohab
JARDIM - MS - OPERAÇÃO DA PRF E CIVIL
Grupo de Operações com Cães da PRF e Polícia Civil fazem 'arrastão' durante Operação em Jardim
GOVERNO DO ESTADO DO MS
Governo paga nesta terça-feira R$ 500 milhões em 13º para servidores
DEUS SALVOU BEBÊ E FAMÍLIA
Em MS, Carro capota e duas pessoas ficam feridas na BR-262; cadeirinha salva bebê
PREPAREM O TERERÉ
Semana seguirá de calor intenso e com pouca chuva no MS