Menu
KAGIVA
sexta, 22 de junho de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Ministério do Turismo quer capacitar mais de 150 profissionais para a Copa até 2012

27 Abr 2011 - 12h49Por Agência Brasil

Até junho do ano que vem, o Ministério do Turismo pretende capacitar mais de 150 mil de um total de 306 mil profissionais que atuam na área do turismo nas 12 cidades que receberão jogos da Copa do Mundo de 2014. A informação foi dada hoje (27) pelo ministro da pasta, Pedro Novais, durante audiência pública no Senado.

De acordo com ele, o ministério pretende investir R$ 440 milhões em cursos de treinamento para melhorar o atendimento aos turistas que visitarão o país durante a Copa. “O Ministério do Turismo, ao contrário do que muita gente imagina, não recebeu a incumbência de construir estádios, aeroportos e [melhorar a] infraestrutura. O que coube ao ministério na divisão das atividades para a Copa foi, simplesmente, a capacitação de prestadores de serviços turísticos, exclusivamente”, explicou.

Segundo ele, atualmente existem 7,2 milhões de profissionais trabalhando no setor em todo o país. Desse total, 870 mil prestam serviços nas 12 cidades-sede da Copa. “O ministério está capacitando 306 mil desses 870 mil. São atendentes de aeroportos, locadoras de veículos, condutores, guias de aventura e, de modo geral, recepcionistas, informantes, gerentes e camareiras”, enumerou o ministro. A meta é capacitar os 306 mil trabalhadores até 2013

Novais disse que, em junho, será finalizado o treinamento de 75 mil profissionais. Em julho e agosto, acrescentou, serão abertas turmas para treinamento de mais 80 mil. Conforme a previsão do ministério, até junho de 2012, mais de 150 mil dos 306 milprofissionais que atuam nas cidades-sede receberão capacitação.

Segundo o ministro, esses profissionais estão recebendo treinamento para aperfeiçoar os serviços que já prestam, além de ensinamentos na área da ética, cidadania, comunicação e expressão, postura profissional, convivência e segurança do trabalho em curso com duração de 80 horas. Na capacitação, também são oferecidos cursos de inglês e espanhol.

Durante a audiência pública no Senado, Novais afirmou que, além dos cursos de capacitação, o ministério tem feito, por meio de linhas de financiamento do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), investimentos em todas as cidades-sede e nos municípios vizinhos para melhorar a infraestrutura do setor. “Os turistas comparecerão aos jogos, mas visitarão outras cidades. Quem estiver no Rio de Janeiro, certamente, visitará Niterói, Petrópolis”, disse.

Segundo Novais, Manaus deve receber R$ 23 milhões; Natal, R$ 20 milhões; Fortaleza, R$ 66 milhões; Recife e Olinda, R$ 4,5 milhões; Belo Horizonte, R$ 10 milhões; Cuiabá, R$ 14 milhões; o Rio de Janeiro, R$ 28 milhões; Curitiba, R$ 2 milhões; Porto Alegre, R$ 3 milhões; Alagoas, R$ 60 milhões; Angra dos Reis, R$ 10 milhões; Parnamirim (RN), R$ 4 milhões; Jericoacoara (CE) e Cabo de Santo Agostinho (PE), R$ 34 milhões cada; e Ipojuca (PE), R$ 12 milhões. “Todos são recursos em obras já em execução”, enfatizou.

Novais acrescentou ainda que há várias linhas de crédito de várias instituições, como o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social (BNDES) e a Caixa Econômica Federal, para ampliar o número de vagas na rede hoteleira.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Prefeitura de Campo Grande abre inscrições de processo seletivo para nível médio
BONITO - MS
SENAR vai realizar curso de Produção de Alimentos Saudáveis em Bonito
EM MS
Eleitores já podem se cadastrar para atuar como mesários
OPERAÇÃO OIKETICUS
Cheque da desembargadora Tânia Borges é encontrado em investigação do Gaeco
NARCOTRÁFICO
Paraguai destrói 107 acampamentos com 318 toneladas de maconha na fronteira
BELEZAS NATURAIS DE MS
Isto é Mato Grosso do Sul: o novo vídeo que retrata as belezas do MS
DEFESA SANITÁRIA
MS apresenta situação da fronteira na reunião que discute a retirada da vacina contra aftosa
DEU RUIM
Golpe do 'Mercado Livre'
OPORTUNIDADES DE EMPREGOS
Terminam hoje inscrições de processo seletivo da UFMS para 48 vagas
TEMPO E TEMPERATURA
Inverno começa seco e quente em Mato Grosso do Sul