Menu
KAGIVA
segunda, 10 de dezembro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Ministério da Pesca e BNDES firmam convênio

6 Set 2011 - 17h46Por Agência Brasil

A contribuição da pesca para a economia do Brasil, visando à geração de empregos, e para a redução do déficit do item pescado na balança comercial foi o tema de reunião ocorrida ontem (5), no Rio de Janeiro, entre o ministro da Pesca e Aquicultura, Luiz Sérgio, e o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho.

Segundo Luiz Sérgio, ficou acertado que o BNDES fará uma rodada de reuniões com empresários ligados ao agronegócio, focada no potencial do pescado. E, ainda, a área social do banco vai desenvolver, em parceria com o Ministério da Pesca, uma série de ações voltadas para a aquicultura de subsistência, englobando, em especial, o treinamento de mão de obra.

O objetivo das ações, destacou o ministro, é “qualificar a atividade para agregar valor ao que eles [pescadores] já estão produzindo e discutir como inserir esses produtos em uma cadeia mais ampla, principalmente de distribuição e comercialização do pescado”.

De acordo com o ministro, está claro para o BNDES que o desenvolvimento do setor é uma “janela de oportunidades que nós temos no Brasil e precisamos desenvolver”. O ministro acredita que, com a parceria do banco de desenvolvimento, esse salto poderá ser dado. “E nós vamos colocar o item pescado como item tão representativo na economia brasileira, como é hoje a atividade do frango, da pecuária, da agricultura”.

Luiz Sérgio informou que, dependendo do resultado das reuniões, o BNDES poderá estudar a possibilidade de abrir uma linha de crédito específica para financiar a atividade da pesca no país. “Existe essa predisposição”.

Procurada pela Agência Brasil, a direção do BNDES confirmou ter sido ratificado, durante o encontro, um convênio de cooperação técnica com o Ministério da Pesca, que havia sido assinado pela ex-titular da pasta, Ideli Salvatti.

Foi discutido ainda o apoio do banco a estudos que vêm sendo desenvolvidos pelo ministério para estabelecimento de uma política nacional de pesca e aquicultura. A posição manifestada pelo BNDES é apoiar, no futuro, a parte operacional dessa política.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - NA LISTA DO IBAMA
Bonito na lista, Ibama aplicou R$ 672 mil em multas a produtores por uso irregular de agrotóxicos
MUNDO DOS FAMOSOS
Ex de Zezé Di camargo, Zilu Camargo posa de biquíni, exibe corpo escultural e “espanta”
CASAMENTO COM EMOÇÃO
Casamento de Nicole Bahls tem polícia na igreja, convidados na delegacia e ladrão famoso descoberto
BONITO - MS - MEIO AMBIENTE
Audiência para debater poluição de rios lota Câmara de Bonito (MS)
DOURADOS - TRAGÉDIA NO TRÂNSITO
Criança de 12 anos morre no Hospital da Vida depois de ser atropelada em Dourados
GESTÃO BOLSONARO
Em ministério, Mandetta vai priorizar atenção básica de saúde
TEMPO E TEMPERATURA
Semana começa com tempo quente e seco na maior parte de MS
EMPREGOS
MS tem 11 concursos abertos e salários de até R$ 9,4 mil
EDUCAÇÃO
Enem para mais de mil detentos do Estado será aplicado a partir de terça-feira
ECONOMIA
Receita libera hoje consulta a sétimo lote de restituição do IR 2018