Menu
ASSOMASUL MARÇO
tera, 23 de abril de 2019
mutantes
Busca
ÁGUAS DE BONITO

Ministério afirma não haver risco de transmissão de sarampo em MS

12 Mar 2011 - 11h32Por Campo Grande News

O Ministério da Saúde disse em nota enviada pela assessoria de imprensa que não há risco de transmissão sustentada do vírus do sarampo. A suspeita se deu após a confirmação de que uma turista européia, que está em Campo Grande, contraiu o vírus fora do Brasil.

Pela nota, o ministério reitera que o caso de sarampo ainda é suspeito e que a mulher, uma francesa, está internada no Hospital São Julião desde a última quarta-feira.

Foi coletado material para exame, que é realizado pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), além de ter emitido alerta para todos os locais onde a turista – que não era vacinada – passou.

A francesa ficou cerca de 2 dias no Rio de Janeiro, depois mais dois em São Paulo, seguiu para Foz do Iguaçu, onde foi para a Argentina. Depois, veio para Mato Grosso do Sul de ônibus.

O último caso de sarampo de transmissão dentro do País foi em Mato Grosso do Sul em novembro de 2000. Depois disso, houve o registro de casos sempre importados, sem registro de novas contaminações dentro do País.

Segundo o ministério, foi solicitado o certificado de eliminação do sarampo junto à Organização Pan-Americana de Saúde.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CIDADES
Dias Toffoli chama para conciliação com indígenas e revolta sitiantes
POLÍTICA
Deputado quer proibir sátira de imagens cristãs em manifestações de MS
COTIDIANO
Amigos lamentam falecimento de Rubens Catenacci, referência na pecuária brasileira
TURISMO
Boletim comparativo de alta temporada do ObservaturMS mostra crescimento no fluxo turístico
GERAL
MPT investiga demissão de funcionários da Mabel sem aviso prévio em MS
EDUCAÇÃO
Governo de MS divulga inscrições para Vale Universidade Indígena
MEIO AMBIENTE
Desmatamento prossegue em Rio Verde, mas com nova faixa de preservação
POLÍCIA
Traficante foge e abandona picape com mais de 800 kg de maconha
POLÍTICA
Prefeita de Miranda continua no comando até ser notificada de cassação
EMPREGOS E CONCURSOS
Prefeitura abre seletiva com 34 vagas e salários de até R$ 1,7 mil em MS