AGÊNCIA_SUCURI_MEGA_BI
Bonito Informa - Notícias de Bonito e região
Bonito, 12 de Dezembro de 2017
DELPHOS_FULL
KAGIVA
19 de Maio de 2011 10h54

Metade dos brasileiros não tem investimento financeiro

Folha.com

O número de brasilleiros que não possuem investimentos financeiros caiu entre 2005 e 2010, mas ainda corresponde a cerca de metade da população de classes A a C. Os dados são da pesquisa Radiografia do Investidor, feita pelo Ibope e divulgada nesta quarta-feira pela Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais).

O estudo mostrou que a proporção da população que não possui investimentos caiu de 65% para 51% no período. "A poupança e os fundos de previdência foram os principais alvos dos entrevistados", afirmou Silvia Cevellini, diretora de atendimento e planejamento do Ibope.

De acordo com os dados, a maioria dos não investidores é de mulheres em idade economicamente ativa, entre 18 e 49 anos, pertencentes à classe C, com baixa escolaridade --50% têm até o ensino fundamental. O motivo, segundo a pesquisa, seria a falta de dinheiro a ser poupado ao final do mês.

Já o número de pessoas que aplicam em fundos de investimentos saltou de cerca de 2,4 milhões em 2005 para 4,3 milhões em 2011. Segundo Silvia, a concentração de investidores em fundos cresceu sobretudo na classe A, em que o percentual de pessoas com participação neste nicho passou de 20%, em 2005, para 31% em 2010.

A maioria dos investidores de fundos (60%) é composta de homens, com idade entre 30 e 49 anos e renda acima de R$ 9,6 mil. Há uma maior diversificação dos investimentos desse público, com predominância de fundos do tipo DI ou renda fixa (79%), além de caderneta de poupança (66%) e CDBs (32%).

"O crescimento da poupança está relacionado com o pequeno investidor, que percebeu que a rentabilidade dessa modalidade passou a ser mais competitiva", disse Luciane Ribeiro, diretora da Anbima.

Além disso, os dados mostram que 58% do total tem dois a quatro fundos, mas houve um aumento no valor total das aplicações feitas, principalmente na faixa de aplicação entre R$ 20 mil e R$ 100 mil.

O estudo ouviu 1,6 mil pessoas das classes A, B e C, acima de 18 anos.

Comentários
Veja Também
conde_foto
Últimas Notícias
  
AGÊNCIA_SUCURI_LATERAL
dothshop
dothCom © Copyright BonitoInforma - Todos os Direitos Reservados.