Menu
ITALÍNEA DOURADOS
sexta, 14 de dezembro de 2018
KAGIVA
Busca
UNIPAR_PC

Meirelles defende debate sobre sigilo de orçamento de obras da Copa e das Olimpíadas

22 Jun 2011 - 16h47Por Agência Brasil

O presidente do Conselho Superior da Autoridade Olímpica, Henrique Meirelles, defendeu hoje (22) um debate “aberto” e com “transparência”, no Congresso Nacional, sobre a Medida Provisória 427, que estabelece o regime diferenciado de contratação (RDC) para obras da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016.

Ex-presidente do Banco Central, Meirelles lembrou que o projeto foi considerado adequado pelos órgãos que participaram de sua elaboração em diversas instâncias do Executivo, como a Controladoria-Geral da União, e pelo Tribunal de Contas da União (TCU), que também colaborou na preparação do texto. Mesmo assim, Meirelles reconheceu que há pontos polêmicos no texto. “É um debate interessante, deve prosseguir”, disse ele.

Henrique Meirelles não se referiu especificamente ao item que trata da legalidade do sigilos sobre o orçamento das obras, mas ressaltou que todas as medidas propostas pelo governo têm como finalidade assegurar menor preço e defender o interesse público. Para ele, tais medidas não impedem, paralelamente, melhorias no sistema de fiscalização e transparência.

“Evidentemente, cabe ao Congresso Nacional e à sociedade discutir se essa metodologia [projeto] é a melhor”, afirmou Meirelles, após participar de evento no Palácio Laranjeiras, no Rio. “É importante que a sociedade tenha absoluta tranquilidade na correção e na absoluta transparência do processo. Ao mesmo tempo, devemos ter procedimentos eficientes para que os prazos sejam cumprido a custos competitivos.”

Evitando comentar “detalhes técnicos”, o responsável pelos preparativos para a Copa e os Jogos Olímpicos disse que um dos objetivos do governo com o projeto é evitar uma “explosão” de preços entre as construtoras. Segundo ele, impedir o “conluio” entre empresas também está entre os argumentos da Casa Civil, ao defender o sigilo do orçamento das obras.

“Não vamos entrar em detalhes técnicos. O importante é o que o projeto está sendo discutido, e o importante é que ele seja o mais eficaz”, concluiu.

A medida provisória que trata do regime diferenciado de contratação está em tramitação na Câmara dos Deputados e pode ser votada na próxima terça-feira (28).

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - NOVA DIRETORIA DA OAB
Nova diretoria da 23ª subseção da OAB de Bonito toma posse
RIO DA PRATA DE VOLTA
'Clareza' do Rio da Prata aparece e semana é marcada por audiência e clamor popular em Bonito (MS)
DUAS MORTES POR RAIOS NO MS
Tempestade surpreende e dois morrem atingidos por raios em MS
GOVERNO DO MS - EM 2019
No 2º mandato, Reinaldo vai doar metade do salário a entidades
BONITO - MS - TÁ NA CONTA
Prefeitura Municipal deposita 2ª parcela do 13º salário em Bonito (MS)
BONITO - MS - TROFÉU PIRAPUTANGA
Em grande estilo, Troféu Piraputanga valoriza apoiadores do turismo e empresários de Bonito (MS)
CIDADES
Secretários: Felipe na Fazenda, Murilo Infraestrutura e Resende na Saúde
BONITO - MS
Prefeitura doa área para prédio da Polícia Militar Ambiental em Bonito
CÊ ACREDITA - E NÃO É FAKE
Mãe tenta vender virgindade da filha de 13 anos na Internet por quase R$ 100 mil reais
BONITO - MS - MAIS MELHORIAS
Vereadores entregam reivindicações ao governador Reinaldo durante entrega de obras em Bonito (MS)