Menu
mutantes
quinta, 21 de maro de 2019
ASSOMASUL MARÇO
Busca
ITALÍNEA DOURADOS

Médico pode quitar empréstimo trabalhando em área prioritária

29 Ago 2011 - 13h28Por Ministério da Educação

Médicos que queiram quitar o empréstimo do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) com trabalho podem escolher um município entre os 2.219 selecionados como prioritários pelo Ministério da Saúde. Exceto o Distrito Federal, estão contempladas cidades nos 26 estados da Federação.

Portaria do Ministério da Saúde publicada nesta sexta-feira, 26, indica também as 19 especialidades médicas que podem ser escolhidas pelos profissionais e as quatro áreas de atuação prioritárias para o Programa Saúde da Família.

Para definir a lista dos municípios, o ministério considerou como indicadores a presença de população em extrema pobreza e aquela residente na área rural. Mas para contratar médicos, as prefeituras precisam ter constituídas equipes do Saúde da Família e se enquadrar em critérios como atender populações ribeirinhas, quilombolas, indígenas, de assentamentos.

Para se candidatar à vaga, o médico deve cumprir uma série de exigências, entre elas, estar inscrito no Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (Scnes) e informar ao ministério, em formulário digital, o início, o término e as eventuais interrupções do trabalho no município priorizado.

Pela regra, o pagamento das prestações do Fies com trabalho ocorre após o primeiro ano de atividade do médico em equipes do Saúde da Família. O profissional tem direito de abater 1% da dívida a cada mês de atividade. Pelos cálculos do Ministério da Saúde, a quitação ocorre com 100 meses de trabalho, cerca de 8,4 anos.

Estão previstas 19 especialidades médicas – anestesiologia, cancerologia, cancerologia cirúrgica, cancerologia clínica, cancerologia pediátrica, cirurgia geral, clínica médica, geriatria, ginecologia e obstetrícia, medicina de família e comunidade, medicina intensiva, medicina preventiva e social, neurocirurgia, neurologia, ortopedia e traumatologia, patologia, pediatria, psiquiatria e radioterapia. As áreas de atuação prioritárias são cirurgia do trauma, medicina de urgência, neonatologia e psiquiatria da infância e da adolescência.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ALERTA
Mesmo sem chuva, nível no Rio Miranda sobe e alerta é mantido
BONITO - MS - NA TRIBUNA
CORPO DE BOMBEIROS: Vereadora solicita ao Governo do estado o inicio da construção
CONTA DE LUZ
Conta de luz pode ter aumento de 15% a partir de abril em MS
POLÍCIA
Brasileira estuprada por policiais em prisão da Bolívia é colocada em liberdade
POLÍTICA
Filhos e vítimas de violência doméstica podem ter prioridade na matrícula escolar
POLÍTICA
Em MS, deputados petistas destacam possibilidade de defesa para Temer após prisão
EMPREGOS E CONCURSOS
Marinha abre concurso com 54 vagas e salários de até R$ 11 mil
BONITO - MS
Imasul inicia plano para explorar turismo no entorno da Gruta do Lago Azul em Bonito
ESPORTES
Representantes do MS brilham em seletivas de Jiu-Jitsu e Judô
GERAL
Ampliação de linhões de energia em MS vai favorecer atração de indústrias