Menu
ITALÍNEA DOURADOS
quarta, 23 de janeiro de 2019
KAGIVA
Busca
UNIPAR_PC

Medicamentos podem subir até 6% no fim do mês, diz resolução

11 Mar 2011 - 08h30Por Agência Brasil

A partir de 31 de março, os medicamentos terão reajustes de 3,54% a 6,01%, de acordo com resolução publicada no DOU "Diário Oficial da União" desta quarta-feira (9), pelo secretário-executivo Luiz Milton Veloso Costa. 

Cerca de 20 mil medicamentos de categorias diversas, como antibióticos, genéricos, entre outros, serão reajustados, segundo o comunicado à CMED (Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos). 

O DOU informa que ainda não foi estabelecido o reajuste final, mas apenas os parâmetros para sua realização. "O fator de ajuste de preços visa promover a concorrência nos diversos mercados de medicamentos, ajustando preços relativos entre os mercados com menor concorrência e os mais competitivos", informa a publicação oficial. 

Para poder aplicar a elevação no valor dos medicamentos, as empresas fabricantes terão de apresentar à CMED um relatório informando os reajustes que irão aplicar. O valor fixado pela CMED é o teto, mas as empresas podem fixar preços menores. 

O reajuste será calculado com base no acumulado do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) de março de 2010 até fevereiro de 2011. Após o cálculo, a CMED editará resolução específica dispondo: o teto de preços calculado com base no índice, um fator de produtividade, uma parcela de fator de ajuste de preços relativos intrassetor e uma parcela de fator de ajuste de preços relativos entre setores. 

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) informou que só se pronunciará quando o índice de reajuste for determinado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÂNSITO
Acidente entre dois carros na MS-276 deixa mulher presa nas ferragens
BRASIL
Cápsula com césio-137 é achada em ferro velho de Alagoas
GERAL
PVA 2019: pagamento à vista ou primeira parcela vencem dia 31 de janeiro
BONITO - MS
Obras inicia trabalhos de recuperação da estrada da La Lima
LOTERIA
Mega-Sena vai sortear R$ 38 milhões na noite desta quarta-feira
MEIO AMBIENTE
Mais quente do país, MS teve 45ºC de sensação térmica em duas cidades
POLÍCIA
Brasil e Paraguai cercam traficantes em nova rota
PRESIDÊNCIA DO SENADO
Sem acordo, Simone e Renan vão para o enfrentamento
CIDADES
Com licença ambiental, Estado prioriza reinício da obra da MS-228 no Pantanal
TEMPO E TEMPERATURA
Quarta-feira de tempo firme na maior parte do MS; umidade do ar em estado de atenção