Menu
KAGIVA
quarta, 21 de novembro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Mato Grosso do Sul tem 139 mil analfabetos

15 Jul 2011 - 09h17Por Correio do Estado

Embora seja o sétimo estado do Brasil com menor índice de analfabetismo entre jovens, adultos e idosos, Mato Grosso do Sul ainda tem 139 mil pessoas com mais de 15 anos — ou 7,6% da população na faixa etária — que não sabem ler e escrever. Os dados são do Censo 2010 e foram divulgados, nesta semana, em reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, na qual é apontado que o Brasil terá de "dobrar o ritmo" dos programas de alfabetização pare conseguir cumprir meta assumida perante a Organização das Nações Unidas (ONU) de diminuir a taxa de analfabetismo do país para 6,7% da população brasileira com mais de 15 anos.

Apesar de não ter apresentado os piores índices de analfabetismo, Mato Grosso do Sul também terá de acelerar o trabalho de alfabetização de jovens e adultos para ajudar o Brasil a atingir o objetivo. A secretária de Estado de Educação, Nilene Badeca, afirma que não existem metas de redução da taxa de analfabetismo estabelecidas pelo Ministério da Educação (MEC) para os estados. Há apenas compromissos anuais formalizados entre os municípios e o órgão, sempre que as prefeituras aderem ao Programa Brasil Alfabetizado. Mas essas "metas" são definidas de acordo com a realidade local e a capacidade de atendimento do município.

Contudo, a secretária explica que o novo Plano Nacional de Educação, que ainda aguarda aprovação do Congresso Nacional, aprecia o tema. "O plano, que a gente espera que seja aprovado ainda este ano, dará os direcionamentos para a gente elaborar o nosso plano estadual de Educação e estabeleça metas para trabalhar".

Estado

Com 7,6% da população maior de 15 anos analfabeta, Mato Grosso do Sul fica atrás do Distrito Federal, que tem apenas 3,4% de jovens e adultos que não sabem ler, de Santa Catarina, do Rio de Janeiro, de São Paulo, do Rio Grande do Sul e do Paraná.

Nilene Badeca destaca o trabalho de estímulo à formação de turmas de alfabetização promovido pelo Secretaria de Estado de Educação (SED) como responsável pelo índice que, embora preocupante, é considerado bom. "Nós temos um trabalho intenso em parceria com as prefeituras. A adesão ao Programa Brasil Alfabetizado pode ser feita direto entre o município e o governo federal, como Campo Grande faz. Mas, nós temos 62 municípios que aderem ao programa por convênio com o Estado".

Segundo o MEC, em 2010, 11.380 pessoas foram alfabetizadas, sendo 10.171 por meio da turmas coordenadas pela SED e 1.209 por meio de prefeituras. "Para os municípios que a gente tem convênio, a gente capacita os alfabetizadores, a gente fornece o material didático e de consumo diário".  

Deixe seu Comentário

Leia Também

RALLY DOS SERTÕES - LARGADA NA CAPITAL
Para Reinaldo, Rally dos Sertões é aposta para fomentar turismo e economia em MS
SORTEIO DE CARRO 0KM
Hotel Cassino Amambay fará sorteio de um carro Prisma 0 KM, veja como participar
FAMOSIDADE
Mãe do filho de Neymar compartilha clique de biquíni e enlouquece a web
NOVO GOVERNO - 1º ESCALÃO
Bolsonaro anuncia deputado Mandetta como futuro ministro da Saúde
TODO CUIDADO É POUCO
Adolescente morre ao tocar em cerca elétrica em Dourados
LUTANDO PELA VIDA
Lutando pela vida: mesmo após 2 transplantes, leucemia volta e jovem precisa fazer tratamento em SP
BONITO - MS - PREFEITURA TRABALHANDO
Revitalizada, Praça do Bom Viver recebe internet gratuita em Bonito (MS)
COISAS DA NATUREZA
Bombeiros Militares combatem incêndio e encontram cobra gigante
BONITO - MS - EDUCAÇÃO
Duas escolas de Bonito estão nas finais do programa Agrinho
CIDADES
Mulher esfaqueia marido em MS e diz a polícia 'Ele me deu uma surra com galho de árvore'