Menu
mutantes
quarta, 20 de fevereiro de 2019
BONITO_PREFEITURA_FEVEREIRO_2019
Busca
ITALÍNEA DOURADOS

Mato Grosso do Sul tem 139 mil analfabetos

15 Jul 2011 - 09h17Por Correio do Estado

Embora seja o sétimo estado do Brasil com menor índice de analfabetismo entre jovens, adultos e idosos, Mato Grosso do Sul ainda tem 139 mil pessoas com mais de 15 anos — ou 7,6% da população na faixa etária — que não sabem ler e escrever. Os dados são do Censo 2010 e foram divulgados, nesta semana, em reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, na qual é apontado que o Brasil terá de "dobrar o ritmo" dos programas de alfabetização pare conseguir cumprir meta assumida perante a Organização das Nações Unidas (ONU) de diminuir a taxa de analfabetismo do país para 6,7% da população brasileira com mais de 15 anos.

Apesar de não ter apresentado os piores índices de analfabetismo, Mato Grosso do Sul também terá de acelerar o trabalho de alfabetização de jovens e adultos para ajudar o Brasil a atingir o objetivo. A secretária de Estado de Educação, Nilene Badeca, afirma que não existem metas de redução da taxa de analfabetismo estabelecidas pelo Ministério da Educação (MEC) para os estados. Há apenas compromissos anuais formalizados entre os municípios e o órgão, sempre que as prefeituras aderem ao Programa Brasil Alfabetizado. Mas essas "metas" são definidas de acordo com a realidade local e a capacidade de atendimento do município.

Contudo, a secretária explica que o novo Plano Nacional de Educação, que ainda aguarda aprovação do Congresso Nacional, aprecia o tema. "O plano, que a gente espera que seja aprovado ainda este ano, dará os direcionamentos para a gente elaborar o nosso plano estadual de Educação e estabeleça metas para trabalhar".

Estado

Com 7,6% da população maior de 15 anos analfabeta, Mato Grosso do Sul fica atrás do Distrito Federal, que tem apenas 3,4% de jovens e adultos que não sabem ler, de Santa Catarina, do Rio de Janeiro, de São Paulo, do Rio Grande do Sul e do Paraná.

Nilene Badeca destaca o trabalho de estímulo à formação de turmas de alfabetização promovido pelo Secretaria de Estado de Educação (SED) como responsável pelo índice que, embora preocupante, é considerado bom. "Nós temos um trabalho intenso em parceria com as prefeituras. A adesão ao Programa Brasil Alfabetizado pode ser feita direto entre o município e o governo federal, como Campo Grande faz. Mas, nós temos 62 municípios que aderem ao programa por convênio com o Estado".

Segundo o MEC, em 2010, 11.380 pessoas foram alfabetizadas, sendo 10.171 por meio da turmas coordenadas pela SED e 1.209 por meio de prefeituras. "Para os municípios que a gente tem convênio, a gente capacita os alfabetizadores, a gente fornece o material didático e de consumo diário".  

Deixe seu Comentário

Leia Também

GESTÃO PÚBLICA
Reinaldo Azambuja fala sobre desafios da nova gestão em entrevista à GloboNews
BONITO - MS - CONGRESSOS DE NETWORKING
Bonito (MS) receberá pelo menos 10 mil visitantes na baixa temporada em busca de networking em 2019
AGORA DEU MEDO
PMA captura cascavel de 1,3 metros em residência na Capital
GERAL
Em MS, 38 radares voltam a operar na BR-163 a partir da próxima semana
TEMPO E TEMPERATURA
Alerta: 24 cidades de MS estão com aviso de tempestade de perigo potencial
BONITO - MS - POLÍCIA
Vítima de 'estupro virtual' volta para casa e retoma rotina na escola em Bonito (MS)
GERAL
Sistema do Detran-MS continua fora do ar nesta quarta-feira
GERAL
Gabaritos do Enade 2018 já estão disponíveis no site do Inep
COTA ZERO
Deputados pedem que caça do jacaré seja liberada
POLÍCIA
Homem é preso, suspeito de exploração sexual de criança