Menu
ITALÍNEA DOURADOS
sbado, 22 de setembro de 2018
KAGIVA
Busca

Mato Grosso do Sul tem 139 mil analfabetos

15 Jul 2011 - 09h17Por Correio do Estado

Embora seja o sétimo estado do Brasil com menor índice de analfabetismo entre jovens, adultos e idosos, Mato Grosso do Sul ainda tem 139 mil pessoas com mais de 15 anos — ou 7,6% da população na faixa etária — que não sabem ler e escrever. Os dados são do Censo 2010 e foram divulgados, nesta semana, em reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, na qual é apontado que o Brasil terá de "dobrar o ritmo" dos programas de alfabetização pare conseguir cumprir meta assumida perante a Organização das Nações Unidas (ONU) de diminuir a taxa de analfabetismo do país para 6,7% da população brasileira com mais de 15 anos.

Apesar de não ter apresentado os piores índices de analfabetismo, Mato Grosso do Sul também terá de acelerar o trabalho de alfabetização de jovens e adultos para ajudar o Brasil a atingir o objetivo. A secretária de Estado de Educação, Nilene Badeca, afirma que não existem metas de redução da taxa de analfabetismo estabelecidas pelo Ministério da Educação (MEC) para os estados. Há apenas compromissos anuais formalizados entre os municípios e o órgão, sempre que as prefeituras aderem ao Programa Brasil Alfabetizado. Mas essas "metas" são definidas de acordo com a realidade local e a capacidade de atendimento do município.

Contudo, a secretária explica que o novo Plano Nacional de Educação, que ainda aguarda aprovação do Congresso Nacional, aprecia o tema. "O plano, que a gente espera que seja aprovado ainda este ano, dará os direcionamentos para a gente elaborar o nosso plano estadual de Educação e estabeleça metas para trabalhar".

Estado

Com 7,6% da população maior de 15 anos analfabeta, Mato Grosso do Sul fica atrás do Distrito Federal, que tem apenas 3,4% de jovens e adultos que não sabem ler, de Santa Catarina, do Rio de Janeiro, de São Paulo, do Rio Grande do Sul e do Paraná.

Nilene Badeca destaca o trabalho de estímulo à formação de turmas de alfabetização promovido pelo Secretaria de Estado de Educação (SED) como responsável pelo índice que, embora preocupante, é considerado bom. "Nós temos um trabalho intenso em parceria com as prefeituras. A adesão ao Programa Brasil Alfabetizado pode ser feita direto entre o município e o governo federal, como Campo Grande faz. Mas, nós temos 62 municípios que aderem ao programa por convênio com o Estado".

Segundo o MEC, em 2010, 11.380 pessoas foram alfabetizadas, sendo 10.171 por meio da turmas coordenadas pela SED e 1.209 por meio de prefeituras. "Para os municípios que a gente tem convênio, a gente capacita os alfabetizadores, a gente fornece o material didático e de consumo diário".  

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - VISITA NO GABINETE
BONITO (MS): No gabinete, Prefeito recebe visita de dirigentes e alunos da Pestalozzi
BONITO - MS - PRAÇA DA MARAMBAIA
Praça da Marambaia terá aulas de zumba neste sábado em Bonito (MS)
BONITO - MS
Clube do Laço Nabileque de Bonito convoca associados para Assembleia geral ordinária
POLÍTICA
Assembleia Legislativa: nova pesquisa Ranking tem novidades
ECONOMIA
Presentes e comemorações do Dia das Crianças devem movimentar R$ 130 milhões em MS
CIDADES
De cada 10 cidades de MS, menos de 4 tem plano municipal para o saneamento básico, aponta IBGE
POLÍTICA
Líder, Azambuja tem 42,9%; juiz Odilon é segundo, com 29,35%
ECONOMIA
Brasileiros poderão receber remessas do exterior diretamente em reais
SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE
Futuro presidente terá de enfrentar financiamento do SUS
GERAL
Ninguém acerta as seis dezenas e prêmio da Mega-Sena acumula