Menu
KAGIVA
domingo, 21 de outubro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Mato Grosso do Sul recebe 56 bolsas do programa Ciências sem Fronteiras

6 Set 2011 - 07h32Por Fundect/RW

 

A Diretoria do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) aprovou a concessão das cotas institucionais às universidades que participaram do Programa Ciência sem Fronteiras, contemplando bolsas aos universitários para estagiar e estudar no exterior.

Para o Mato Grosso do Sul, o CNPq destinou:

- 26 bolsas para a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)

- 18 bolsas para a Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)

- 10 bolsas para Universidade Católica Dom Bosco (UCDB)

- 02 bolsas para Universidade Anhanguera/Uniderp

Os critérios para concessão de bolsas foi com base nos desempenhos das universidades nos programas PIBIC e PIBITI (Programas Institucionais de Iniciação Científica e Tecnológica).

Seleção

Cada universidade beneficiada é responsável por realizar processos seletivos internos para selecionar os bolsistas, por meio de editais do PIBIC/PIBITI. São elegíveis os alunos com participação destacada nos programas de iniciação científica e tecnológica e com bom histórico acadêmico. Os selecionados também devem ter conhecimento suficiente do idioma para o desenvolvimento das atividades na instituição de destino. Está vedada a participação aos acadêmicos do último ano.

Selecionados os bolsistas, os coordenadores dos Programas PIBIC e PIBITI deverão indicá-los por meio da Plataforma Carlos Chagas entre setembro de 2011 e fevereiro de 2012, até o dia 5 do mês anterior ao início das atividades previstas. O prazo limite para início das bolsas será março de 2012.

Bolsas

As bolsas terão duração mínima de seis meses e máxima de 12 meses quando o plano de atividades incluir estágio de pesquisa ou inovação/tecnologia em indústria, centro de pesquisa ou laboratório. O aluno poderá ficar até nove meses em universidades e três meses em empresas. A ida do bolsista ao exterior poderá ser antecipada, a fim de permitir a realização de cursos preparatórios exigidos ou ofertados pela instituição de destino.

Os candidatos selecionados e cuja indicação for aprovada pelo CNPq terão direito a:

- mensalidades trimestrais de U$ 870

- passagens aéreas de ida e volta

- auxílio instalação

- seguro saúde, proporcional à duração da bolsa, (exceto para bolsistas que se dirijam a países que ofereçam assistência médica gratuita).

Nesta primeira concessão pelo CNPq, as bolsas são destinadas a alunos que visam aperfeiçoar sua formação no exterior e estimular suas competências e habilidades para o desenvolvimento científico e tecnológico, o empreendedorismo e a inovação.

Outras bolsas serão concedidas pelas CAPES para alunos com bom desempenho no ENEM e os premiados em olimpíadas científicas e concursos temáticos, incluindo os ingressantes no ensino superior pelo PROUNI, SISU ou vestibulares.

No total, serão concedidas, no período 2011 a 2014, 15.500 bolsas de Graduação Sanduiche no Exterior - SWG, 10.700 bolsas de Doutorado Sanduiche no Exterior - SWE e 1.940 bolsas de Doutorado Pleno no Exterior - GDE -.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DO GOVENO DO MS
Governo de Reinaldo Azambuja interliga por estradas o Pantanal secularmente isolado
IBOPE NO MS - PESQUISA
IBOPE em Mato Grosso do Sul, votos válidos: Azambuja, 53%; Odilon, 47%
BONITO - MS - AÇÕES MEIO AMBIENTE
SEMA distribui frutas produzidas no Viveiro de Mudas Nativas de Bonito (MS)
BONITO - MS - REFORMA
Prefeitura reforma instalações do Programa Bolsa Família que atende 650 beneficiários em Bonito (MS)
ELEIÇÕES 2018 - FÁBRICA DE FAKE NEWS
Polícia e Justiça 'explodem' fábrica de fake news de coordenador de Odilon
TRAGÉDIA NAS ESTRADAS DO MS
Empresário e filho de 1 ano que morreram em acidente, retornavam de Bonito (MS)
BONITO - MS - ESPORTE -
Bonito (MS) recebe estadual de beach tennis neste fim de semana
TIRO ACIDENTAL
Pai foge após matar filho de 10 anos com tiro acidental no ouvido em cidade do MS
BONITO - JARDIM - BODOQUENA E BELA VISTA
BONITO e mais 3 cidades recebem auxilio da Agesul na recuperação de estradas devido as chuvas
PESQUISA NO MS
Em nova pesquisa, Reinaldo tem 54.21% e Juiz Odilon 45.79%, VEJA NÚMEROS