AGÊNCIA_SUCURI_MEGA_BI
Bonito Informa - Notícias de Bonito e região
Bonito, 23 de Outubro de 2017
DELPHOS_FULL
CLINICA_RITH
16 de Maio de 2011 10h20

Massacre na Guatemala tem 27 pessoas decapitadas

G1

Ao menos 27 pessoas foram assassinadas e decapitadas em uma fazenda localizada em Petén, no norte da Guatemala, em um suposto acerto de contas entre traficantes que operam na fronteira com o México, informou, neste domingo (15), o chefe da polícia, Jaime Otzín.

Segundo Otzín, o crime ocorreu em uma fazenda de San Andrés, no departamento de Petén, 500 km ao norte da capital. "Temos duas hipóteses, mas é preciso avançar nas investigações para determinar o que ocorreu", declarou Otzín aos jornalistas.

Uma das hipóteses, diz o delegado, é de que o crime esteja relacionado com ações do tradicional cartel mexicano "Los Zetas". A outra é que o crime esteja vinculado ao assassinato do fazendeiro Haroldo Waldemar León Lara, irmão do ex-traficante guatemalteco Juan José León, que foi morto em 2008 aparentemente pelos "Los Zetas".

O coronel Rony Urizar, porta-voz do Departamento do Exército guatemalteco, afirmou que dezenas de militares foram enviados à região da fronteira com o México para evitar que os responsáveis fujam para o país. "Se ordenou vigilância aérea e terrestre, e estamos em coordenação com as autoridades mexicanas para evitar que [os responsáveis] fujam pela fronteira", disse.

Haroldo León Lara foi assassinado no sábado quando viajava com 31 mil dólares em dinheiro, aparente destinados à folha de pagamento de sua fazenda.

A Guatemala tem um dos maiores índices de homicídios da América Latina, com 18 assassinatos por dia. A maioria dos crimes são atribuídos a grupos de traficantes e às temidas gangues, ou "maras".

Comentários
Veja Também
bonito_celular
Últimas Notícias
  
dothshop
conde_foto
dothCom © Copyright BonitoInforma - Todos os Direitos Reservados.