Menu
ASSOMASUL MAIO 2019
quinta, 23 de maio de 2019
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
BONITO - MS - ESCLARECIMENTO DOS FATOS

Luisa esclarece e diz que servidor foi trabalhar armado com faca e queria aumento de 110% em Bonito

Luisa esclarece e diz que servidor foi trabalhar armado com faca e queria aumento de 110% em Bonito

10 Mai 2019 - 09h22Por BONITO INFORMA / REDAÇÃO

A Câmara Municipal de Bonito, através da presidente Luísa Aparecida Cavalheiro de Lima, em entrevista, esclareceu os fatos que surgiram na mídia na data de ontem, quinta-feira (09).

Ao responder o questionamento sobre a exoneração do servidor Pedro Igor Melo de Araújo, Luísa explicou que ele possui um cargo efetivo de controlador interno e dentro da estrutura da Câmara Municipal há um cargo de Chefia denominado Controlador Geral.

A presidente disse que desde o momento que o servidor entrou em exercício ele pleiteou a nomeação para o cargo em chefia, com a justificativa de que deveria haver na Câmara Municipal uma equiparação entre cargos comissionados com chefia e cargos efetivo com chefia. Acreditando que seria um bom trabalho desenvolvido por ele, fiz sua nomeação.

Ao ser nomeado ele pleiteou um salário de quase R$ 15.000,00, ou seja, um aumento de 110%. Por ser um valor exorbitante e muito além de todos os demais funcionários, me causou estranheza, o que foi pedido então para o jurídico da Câmara analisar.

A análise concluiu que o salário dele deveria ser R$ 9.406,21 (conforme foi pago e está no portal da transparência).

Luísa destaca que neste primeiro empasse, o servidor Igor agrediu verbalmente a Diretora Jurídica, chamando-a de burra e incompetente. Agrediu verbalmente e ameaçou de agredir fisicamente também o consultor contábil que presta serviços para esta Câmara, desde o ano de 2.017. Tudo isso em razão única e exclusivamente de seu salário.

Esses fatos foram devidamente registrados na Delegacia de Polícia local.

Luísa disse ainda que após essa indignação de não receber o considerável salário de quase R$15.000,00, Pedro Igor lança seu primeiro parecer, ou seja, seu primeiro trabalho em quase 3 meses exercendo o cargo de controlador interno desta Câmara, que justamente é dizer que há irregularidades na contratação da empresa cujo o consultor foi ameaçado de ser agredido por ele e que não concordou com o salário dele.

Sobre a revista feita pela PM no servidor Pedro Igor, Luísa explicou que ela se deu tendo em vista que Pedro Igor apareceu na Câmara em posse de uma arma branca, faca, exibindo-a para os vigilantes e também para ela, dizendo que só iria trabalhar dessa forma, causando pânico em todos os servidores.

Ao final, Luísa esclareceu que todos esses fatos foram registrados na Policia e que serão averiguados para punir os responsáveis.

Deixe seu Comentário

Leia Também

E QUE CORAGEM
Jovem é preso com 130 pedras de crack na 'bunda', veja os detalhes
ASSASSINATO
Jovem é assassinado a tiros minutos antes de seu aniversário
OPORTUNIDADE
MS tem oito concursos abertos e salários de R$ 8,8 mil
ABSURSO
Mulher guarda corpo da mãe morta por 5 meses para ganhar pensão
IMAGENS FORTES
Ex-apresentadora do Esporte Espetacular é brutalmente atacada por animal selvagem
BRASIL
O que muda com o novo decreto de armas de Bolsonaro
BONITO - MS - NO CAXARA
Show com a dupla Lucca e Mateus no Caxara já com ingressos a vendas em Bonito (MS)
MORTE A ESCLARECER
Empresário é assassinado a tiros
HORROR NA FRONTEIRA
Seis morrem e uma criança fica ferida após ataque de pistoleiros na fronteira
DOURADOS - #TENSO
Presos se negam a voltar para celas e clima é tenso no presídio em Dourados