Menu
KAGIVA
quarta, 14 de novembro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Licença simplificada de poços artesianos poderá ser feita até 31 de março

7 Mar 2011 - 09h31Por Notícias MS

Prazo para produtores rurais de Mato Grosso do Sul comunicarem a existência de poços em suas propriedades rurais foi prorrogado até o dia 31 de março de 2011.

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente, do Planejamento, da Ciência e Tecnologia (Semac) publicou, no inicio de janeiro, a resolução nº 29, em que estabelece que oprotocolo do “Comunicado de Poço” deverá ser realizado, impreterivelmente, até a data limite de 31 de março de 2011 e o protocolo da documentação necessária à obtenção do Certificado de Registro de Poço, etapa subsequente do licenciamento simplificado, deve ser efetuado até 31 de dezembro de 2011.

Estão dispensados de solicitar a autorização produtores rurais cujas propriedades possuam  poços tubulares de captação de água subterrânea com profundidade inferior a 50 metros de diâmetro e inferior a quatro polegadas, bem como os poços de monitoramento. A medida visa à preservação e cuidados com os recursos hídricos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS
Encontro nacional de adoção começa nesta quinta em Bonito
DOURADOS - AÇÃO NA FAVELINHA
Polícia faz ação em ‘favelinha’ em busca de criminosos em Dourados
BONITO - MS - DINHEIRO NA CONTA
Prefeitura deposita a 1ª parcela do 13º salário aos servidores em Bonito (MS)
ATENÇÃO BONITO (MS)
Secretaria divulga período de matrículas e rematrículas em Bonito (MS)
CIDADES
Filho de 22 anos ameaça pai que negou dinheiro de mesada em MS: 'Vou voltar aqui com uma pistola'
TURISMO
MS está entre os finalistas do Prêmio Nacional do Turismo
SEGURANÇA PÚBLICA
Agentes de MS se capacitam em intervenção e escolta prisional de alto risco
CRIME NA CAPITAL
Diarista suspeita de participar de latrocínio é morta na frente da filha
TEMPO E TEMPERATURA
Predomínio de sol e chuva forte em algumas regiões à tarde em MS
AÇÕES DO GOVENO DO MS
A pedido de Reinaldo, recuperação da principal ferrovia de MS será prioridade de Bolsonaro