Menu
ITALÍNEA DOURADOS
quinta, 16 de agosto de 2018
KAGIVA
Busca

Lei reserva 5% de mesas e cadeiras para grávidas, idosos e deficientes

7 Set 2011 - 07h46Por Campo Grande News

A partir de ontem, terça-feira (6), uma lei em vigor em Mato Grosso do Sul exige que shoppings centers, restaurantes, galerias, lanchonetes e bares de Mato Grosso do Sul reservem 5% de suas mesas e cadeiras para idosos, gestantes e deficientes.

O descumprimento da determinação pode gerar multa entre R$ 1,4 mil e R$ 22 mil. A lei, proposta pelo deputado estadual Márcio Fernandes (PTdoB), foi sancionada hoje pelo governador André Puccinelli, com veto a dois trechos. Os trechos vetados estabeleciam como tarefa do Executivo a fiscalização do cumprimento da lei e também a regulamentação, no prazo de 120 dias.

Com esse item vetado, do jeito como foi publicada, a reserva de vagas já está valendo. Conforme o texto, os lugares reservados deverão ser identificados por avisos ou alguma característica que diferencie dos assentos destinados ao público em geral.

A lei também determina que os estabelecimentos deverão ter o acesso adaptado para cadeirantes.

Estarão desobrigados ao cumprimento da lei, total ou parcialmente, os estabelecimentos que apresentem laudo técnico, feito por profissional habilitado, firmando ser impossível a adaptação do local.

Em caso de descumprimento, shoppings, galerias, restaurantes, as multas que variam de 100 a 1.500 Uferms (de R$ 1.496 a R$ 22.440).

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESPORTE
Lutador de MS é convocado para Mundial em outubro na Turquia
POLÍTICA
Com fim da hegemonia da TV, internet pode ser decisiva nestas eleições
POLÍTICA
TSE registra mais de 23 mil candidatos às eleições de outubro
BONITO - MS - ATENÇÃO MÃES
Dia 'D' contra poliomielite e sarampo será neste sábado em Bonito (MS)
MEIO AMBIENTE - JARDIM E BONITO
A condenação do rio da Prata, essencial para a biodiversidade em Jardim e Bonito (MS)
LOTERIA
Sul-mato-grossense ganha R$ 1 milhão na loteria da Caixa
STOCK CAR 2018
Bons retrospecto em MS anima pilotos da Cavaleiro Sports
CASO DE POLÍCIA
Boliviana denuncia estupro de criança de 8 anos em fazenda no Pantanal
CIDADES
Na contramão do nacional, MS registra queda na mortalidade materna
POLÍTICA
Para eleitores, 2º turno a presidente será entre Bolsonaro e Alckmin