Menu
mutantes
segunda, 18 de fevereiro de 2019
BONITO_PREFEITURA_FEVEREIRO_2019
Busca
UNIPAR_PC

Lei quer proibir caixas de empacotarem produtos

22 Jul 2011 - 10h28Por Correio do Estado

Os supermercados poderão ficar proibidos de obrigar operadores de caixa a exercer a função de empacotador. Um projeto de lei nesse sentido – Lei nº 353/11 – tramita em caráter conclusivo na Câmara, informa Idelmar da Mota Lima, presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Campo Grande – SEC/CG.

“Esse problema de dupla função dos caixas em supermercados é muito sério pois não se trata de uma simples tarefa, já que implica na saúde do empregado que pode contrarir problemas sérios de coluna devido à dificuldade de empacotar mercadorias do mesmo local do caixa, sempre apertado”, justifica Idelmar que preside também a Federação dos Empregados no Comércio e Sereviços de Mato Grosso do Sul – Fetracom e é diretor na CNTC (Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio).

Idelmar informou que as entidades que representam os comerciários em todo o Brasil estão na maior expectativa da aprovação dessa lei de autoria do deputado Vicentinho (PT-SP).

O texto, segundo Idelmar, obriga ainda o estabelecimento a colocar à disposição dos consumidores um serviço de empacotamento. Caso seja aprovada, a lei prevê multa de pouco mais de R$ 500 por empregado encontrado acumulando as funções, valor esse que será dobrado em caso de reincidência.

O projeto determina ainda a fixação de cartazes em local visível, comunicando o serviço de empacotamento, sob pena de multa de cerca de R$ 200 para quem não cumprir a determinação. Idelmar diz que as grandes redes de supermercados e similares desrespeitam o trabalhador e o consumidor ao obrigar caixas a acumularem função de empacotador, criando uma espécie de funcionário "dois por um".

REGULAMENTAÇÃO DA PROFISSÃO – Outro projeto que os comerciários acompanham de perto no Congresso Nacional diz respeito à regulamentação da profissão. Com essa lei problemas dessa natureza (dupla função) vão acabar. Hoje, no comércio lojista, por exemplo, é comum vendedores serem obrigados a efetuar a limpeza das lojas depois do expediente.

A CNTC e a FETRACOM/MS têm somado força com outras entidades no País para acelerar a tramitação dessas duas matérias no Congresso Nacional. As entidades que representam os comerciários têm o apoio das centrais sindicais nessa luta por melhores condições de trabalho.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SURTO DE DENGUE NO MS
Primeira morte por dengue é confirmada em cidade do MS
VOLTA ÀS AULAS NO MS
230 mil estudantes da Rede Estadual de Ensino retornam às aulas nesta segunda-feira
VOCÊ É DE ACORDO?
Vereador veterinário Francisco quer microchipar cães e gatos em Campo Grande
BONITO - MS - OS CAMPEÕES
Bonito (MS): Sob forte calor, Mountain Bike e Duathlon fecham o Bonito Cross, Confira os ganhadores
CARNAVAL NO RIO DE JANEIRO
Descalça, sob chuva e com beijo, Ellen Rocche ensaia em SP, VEJA FOTOS
MINIBOLT - VEJA VÍDEO
MiniBolt, menino de 7 anos está chocando o mundo com sua velocidade espantosa, VÍDEO
DOURADOS - COLISÃO MATOU OS DOIS
Em Dourados, VÍDEO mostra colisão frontal entre motos que matou dois, assista
BONITO - MS - NOVO HORÁRIO
Com o fim do horário de verão Balneário tem novo horário de funcionamento em Bonito (MS)
BONITO - MS - REIVINDICAÇÃO
Meio Ambiente pede mais 10 policiais e 3 viaturas para PMA em Bonito (MS)
MARACAJU - SEGURANÇA
Em Maracaju, Operação Petra cumpre 18 mandados de busca e apreensão e prende três pessoas