Menu
KAGIVA
quarta, 23 de janeiro de 2019
ITALÍNEA DOURADOS
Busca
UNIPAR_PC

Lançamento de guia e workshop sobre aves será em Miranda

21 Mar 2011 - 15h45Por Midiamax

Entre os dias 28 e 31 de março o município de Miranda irá sediar o workshop “Capacitação para condução de observadores de aves no Pantanal” e o lançamento do Guia “Aves do Brasil – Pantanal e Cerrado”, que será realizado pela WCS – Wildlife Conservation Society de New York.

O conteúdo do Workshop inclui aulas teóricas e práticas, abordando o histórico da observação das aves, ecossistemas locais e avifauna da região, migração, conservação das aves, técnicas de reconhecimento em campo, identificação de aves, ética profissional, técnica profissional do guia ornitológico, equipamentos, bibliografia especializada, básico de gravação e fotografia em campo, básico de frugivoria e jardim das aves, organização de dados e birdlist, roteiros para observação de aves na região.

Nas aulas práticas os participantes farão reconhecimento do ambiente visitado e identificação das espécies ocorrentes, manuseio de equipamento e registro das espécies locais, condução adequada de observadores de aves, criação de lista pessoal das aves observadas.

O Guia “Aves do Brasil: Pantanal e Cerrado”, é o primeiro de uma série que deverá contar com cinco volumes que abordam as aves de todos os biomas brasileiros, permitindo sua identificação. Com linguagem simples e todo ilustrado, o livro tem o objetivo de popularizar a observação de aves no Brasil e estimular a conservação do meio ambiente.

Conforme a coordenadora do Projeto Aves do Brasil, Martha Argel, o turismo de observação de aves é uma atividade crescente no Brasil e movimenta a economia em regiões de grande diversidade biológica. Diversos locais de rica avifauna e natureza conservada já possuem estrutura adequada para receber observadores de aves. “O Pantanal é um dos destinos mais procurados por este público no Brasil. Ao vincular o lançamento do Guia Aves do Brasil – Cerrado e Pantanal com a capacitação de condutores locais, espera-se beneficiar não apenas os profissionais já atuantes, mas também o observador de aves que visita a região e, consequentemente, todo o turismo local”, assegura Martha.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÂNSITO
Acidente entre dois carros na MS-276 deixa mulher presa nas ferragens
BRASIL
Cápsula com césio-137 é achada em ferro velho de Alagoas
GERAL
PVA 2019: pagamento à vista ou primeira parcela vencem dia 31 de janeiro
BONITO - MS
Obras inicia trabalhos de recuperação da estrada da La Lima
LOTERIA
Mega-Sena vai sortear R$ 38 milhões na noite desta quarta-feira
MEIO AMBIENTE
Mais quente do país, MS teve 45ºC de sensação térmica em duas cidades
POLÍCIA
Brasil e Paraguai cercam traficantes em nova rota
PRESIDÊNCIA DO SENADO
Sem acordo, Simone e Renan vão para o enfrentamento
CIDADES
Com licença ambiental, Estado prioriza reinício da obra da MS-228 no Pantanal
TEMPO E TEMPERATURA
Quarta-feira de tempo firme na maior parte do MS; umidade do ar em estado de atenção