Menu
BONITO CÂMARA JULHO 2019
sbado, 20 de julho de 2019
BANNER GOV
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO
Internacional

Justiça espanhola acusa genro do rei de envolvimento em corrupção

29 Dez 2011 - 13h00Por Reuters

Palma de Mallorca (Espanha), 29 dez (EFE).- Um juiz espanhol acusou nesta quinta-feira Iñaki Urdangarin, genro do rei Juan Carlos, por supostas irregularidades na gestão do Instituto Noos, uma fundação sem fins lucrativos que criou e presidiu entre 2004 e 2007.

O juiz José Castro, instrutor do caso Palma Arena, citou para 6 de fevereiro como acusado Urdangarin, duque de Palma e marido da infanta Cristina, filha mais nova do monarca espanhol.

Fontes jurídicas informaram à Agência Efe sobre a decisão, que ocorre encerrada as diligências e levantado o sigilo sumário, assim como depois da Promotoria Anticorrupção das Baleares apontar suposto "entrecruzamento societário" tecido supostamente por Urdangarin e seu sócio Diego Torres para "apoderar-se" de fundos públicos e privados recebidos de Noos.

O Tribunal Superior de Justiça das Baleares (TSJIB) confirmou a citação de Urdangarin para depor diante da justiça em 6 de fevereiro, mas indicou que a data poderia ser antecipada se assim solicitar a representação legal do duque de Palma e permite a disponibilidade do juizado, o Ministério Fiscal e as partes citadas.

O caso sobre o Instituto Noos, que a Polícia chamou operação Babel, começou depois da divulgação de suas atividades no sumário do caso Palma Arena.

Esta investigação está instruída há anos pelo juiz Castro em torno de inúmeros casos de suposta corrupção detectados durante o Governo das Baleares do ex-presidente desta região espanhola Jaume Matas.

O juiz Castro também chamou para prestar depoimento como acusados o sócio de Urdangarin, Diego Torres, assim como outras pessoas do Instituto Noos.

Em 12 de dezembro a Casa Real espanhola, que nesta quinta-feira voltou a expressar seu respeito absoluto às decisões judiciais, adotou a decisão sem precedentes desde a entronização do rei Juan Carlos em 1975 de separar Urdangarin dos atos oficiais.

A Casa Real também decidiu tornar mais transparentes suas contas e foi precisamente nesta quarta-feira que divulgou os números.
 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

EM 6 CIDADES DO MS
Com salário de até R$ 6,2 mil, IFMS abre seleção para contratar professores em 7 cidades do MS
EM CIDADE DO MS
Anta com mais de 170kg é resgatada após cair em estação de tratamento de esgoto
ITAPORÃ - ASSASSINATO
Acusado de tráfico de drogas é morto a tiros de pistola na porta de casa em Itaporã
BONITO - MS - ASFALTO CHEGANDO
Acabando a poeira, iniciado o asfaltamento e drenagem da Rua 19 de novembro em Bonito (MS)
BONITO - MS - 20º FIB
Confira a programação dos shows dos artistas sul-mato-grossenses no Festival em Bonito (MS)
UNIGRAN DOURADOS - OPORTUNIDADE
UNIGRAN Dourados com vagas para supervisor de estágio em Enfermagem, Veja como fazer
BONITO - MS - AÇÕES
Maquinário é enviado as fazendas para trabalhos nas bacias do Rio Formoso e do Rio da Prata
BONITO - MS - PRÉ-FESTIVAL
Festival promete e pré-festival começa nesta segunda-feira, Confira a programação em Bonito (MS)
BONITO - MS - CONFIRA A PROGRAMAÇÃO
CMU terá uma programação com artistas nacionais, regionais e alunos durante Festival em Bonito (MS)
FESTIVAL DE INVERNO DE BONITO (MS)
Oficina de Mosaico alia reciclagem à arte no Festival de Inverno de Bonito (MS)