Menu
KAGIVA
quinta, 16 de agosto de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Justiça decreta prisão preventiva de acusados de matar casal de extrativistas no Pará

29 Jul 2011 - 16h29Por Agência Brasil

O juiz titular da Vara de Violência Contra a Mulher da Comarca de Marabá (PA), Murilo Lemos Simão, decretou hoje (29) a prisão preventiva de três pessoas acusadas de matar o casal de extrativistas José Cláudio Ribeiro da Silva e Maria do Espírito Santo da Silva.

José Rodrigues Moreira, Lindonjonson Silva Rocha e Alberto Lopes do Nascimento foram denunciados pelo Ministério Público na última quarta-feira (27). O primeiro, dono das terras onde fica localizado o assentamento, foi denunciado por homicídio duplamente qualificado. Os demais, acusados de executar o duplo assassinato, foram denunciados por homicídio triplamente qualificado.

De acordo com a decisão, os três têm até dez dias para responder à acusação e, no momento, são considerados foragidos.

José Cláudio Ribeiro da Silva e Maria do Espírito Santo da Silva foram mortos a tiros em maio deste ano em um assentamento na cidade de Nova Ipixuna, no sudeste do estado. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Com fim da hegemonia da TV, internet pode ser decisiva nestas eleições
POLÍTICA
TSE registra mais de 23 mil candidatos às eleições de outubro
BONITO - MS - ATENÇÃO MÃES
Dia 'D' contra poliomielite e sarampo será neste sábado em Bonito (MS)
MEIO AMBIENTE - JARDIM E BONITO
A condenação do rio da Prata, essencial para a biodiversidade em Jardim e Bonito (MS)
LOTERIA
Sul-mato-grossense ganha R$ 1 milhão na loteria da Caixa
STOCK CAR 2018
Bons retrospecto em MS anima pilotos da Cavaleiro Sports
CASO DE POLÍCIA
Boliviana denuncia estupro de criança de 8 anos em fazenda no Pantanal
CIDADES
Na contramão do nacional, MS registra queda na mortalidade materna
POLÍTICA
Para eleitores, 2º turno a presidente será entre Bolsonaro e Alckmin
POLÍTICA
Aprovado projeto que proíbe pedófilos de concorrer em concurso estaduais