Menu
KAGIVA
domingo, 18 de novembro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca
Internacional

Justiça belga reduz a 4 n° de mortos por atirador de Liège

O ataque foi realizado na movimentada praça de Saint Lambert, no centro de Liège

14 Dez 2011 - 09h50Por Reuters

Quatro pessoas morreram no massacre de terça-feira em Liege, cometido por um atirador que depois cometeu suicídio, anunciou nesta quarta-feira a justiça belga, revisando pra baixo o balanço inicial.

Entre as vítimas está uma mulher encontrada nesta quarta-feira na residência de Nordine Armani, autor do massacre, mas não uma idosa de 75 anos que havia sido incluída no balanço divulgado na terça-feira, mas que está hospitalizada em situação grave, anunciou o procurador federal da cidade, Daniele Reynders, em uma entrevista coletiva.

O corpo de uma mulher foi encontrado na residência de Amrani, o homem que na terça-feira matou quatro pessoas e feriu 125 ao abrir fogo e lançar granadas contra uma multidão no centro de Liege, sudeste da Bélgica. O corpo foi encontrado durante uma operação na casa de Amrani, 33 anos.

"Estava em um galpão de Amrani, que ele utilizava entre outras coisas para cultivar maconha", declarou o procurador de Liege, Cedric Visart de Bocarmé.

De acordo com Bocarmé, o corpo encontrado é o de uma mulher de 45 anos, empregada doméstica de uma vizinha de Amrani, que foi assassinada pouco antes de Amrani seguir para a praça Saint-Lambert e abrir fogo. Aparentemente, o atirador convidou a empregada para sua casa sob o pretexto de oferecer emprego e depois a agrediu e matou, segundo fontes policiais.

Nordine Amrani, que havia sido condenado várias vezes por diversos crimes, incluindo posse ilegal de armas, também matou dois adolescentes de 15 e 17 anos e um bebê de 17 meses.

Muitos feridos foram atingidos por estilhaços dos vidros destruídos pelas granadas lançadas por Amrani. Cinco feridos estão em condição grave, segundo o ministro do Interior, Joelle Milquet.

Nesta quarta-feira ao meio-dia, a cidade de Liege observará um minuto de silêncio em homenagem às vítimas do massacre que chocou os belgas. O rei da Bélgica, Alberto II, e sua esposa Paola visitaram na terça-feira o local da tragédia, assim como o novo primeiro-ministro belga Elio Di Rupo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - FESTIVAL DA GUAVIRA
Prefeitura vai licitar a realização do 15º Festival da Guavira em Bonito (MS)
BONITO - MS - NA TRIBUNA
Lúcia Miranda quer demarcação oficial da Avenida Matheus Muller em Bonito (MS)
ALCOOLISMO
Em MS, jovem de 21 anos passa horas consumindo bebida alcoólica e morre
BONITO - MS - ACADEMIA AO AR LIVRE
Já licitada, Prefeitura vai instalar duas novas academias ao ar livre em Bonito (MS)
CAMPO GRANDE - MUITA CHUVA
Chuva forte deixa trechos alagados e trânsito tumultuado em Campo Grande
BONITO - MS - NOVO COORDENADOR
Odilson nomeia novo coordenador da Defesa Civil de Bonito (MS)
BONITO - MS - REINAUGURAÇÃO
OKA Pisos e Acabamentos reinaugura hoje às 19h, OKA de cara nova em BONITO (MS)
BONITO - MS - REVITALIZAÇÃO
Prefeitura revitaliza iluminação da Praça da Liberdade e do CMU em Bonito (MS)
A FAZENDA 10
A Fazenda 10: Rafael Ilha chora ajoelhado na frente das vacas, entenda o que aconteceu
FORA DA POLÍTICA
Procurador, Sérgio Harfouche nega candidatura e confirma desfiliação da política