Menu
mutantes
tera, 23 de abril de 2019
ASSOMASUL MARÇO
Busca
ÁGUAS DE BONITO

Juíza assassinada tinha 91 policiais como réus em ações a serem julgadas

24 Ago 2011 - 11h17Por Estadão.com

A Assessoria de Comunicação da Polícia Militar confirmou que 91 policiais militares eram réus em ações que seriam julgadas pela juíza Patricia Acioli, titular da 4ª Vara Criminal de São Gonçalo, assassinada na noite do dia 11, com 21 tiros, na porta de casa. O comandante da corporação, coronel Mário Sérgio Duarte, recebeu a lista na segunda-feira do Tribunal de Justiça do Rio. Ele encaminhou os nomes para a Corregedoria da PM, que analisará caso a caso.

 A Assessoria de Comunicação da Polícia Militar confirmou que 91 policiais militares eram réus em ações que seriam julgadas pela juíza Patricia Acioli, titular da 4ª Vara Criminal de São Gonçalo, assassinada na noite do dia 11, com 21 tiros, na porta de casa. O comandante da corporação, coronel Mário Sérgio Duarte, recebeu a lista na segunda-feira do Tribunal de Justiça do Rio. Ele encaminhou os nomes para a Corregedoria da PM, que analisará caso a caso.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CASO TRIPLEX
STJ julga nesta terça recurso de Lula no caso triplex
NOVA ELEIÇÕES EM CIDADE DO MS
TRE cassa mandato de prefeita e novas eleições devem ser marcadas em cidade do MS
POLÍCIA
Apontada como chefe do tráfico, vereadora de MS tem prisão mantida
TRÂNSITO
Detran esclarece sobre a Permissão Internacional para Dirigir
GERAL
Ex-aluno da UFMS deve chefiar diretoria responsável pelo Enem
POLÍCIA
Policiais são demitidos por abandono de cargo na Polícia Civil de MS
BONITO - MS
ESF Vila América realiza acompanhamento de doentes crônicos em Bonito
GERAL
MS teve mais de mil motoristas multados por dia em março
CIDADES
Polícia faz 152 blitz em rodovias de MS no feriado
GERAL
Cresce a imprudência e o número de pessoas feridas em acidentes nas rodovias federais de MS