Menu
KAGIVA
sbado, 26 de maio de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca
POSTO PRAÇA

Jovem que estava desaparecida é encontrada em Coxim

11 Mai 2011 - 09h33Por Edição MS

Na manhã desta terça-feira (10), Edinalva Ferreira da Silva, de 25 anos, foi encontrada por um amigo, que acionou a Polícia Militar. A jovem andava por uma rua do bairro Senhor Divino, em Coxim. Ela foi encaminhada para a Polícia Civil, onde foi ouvida, e já está aos cuidados da família.

Um dos irmãos, o pintor Josuel Augusto Ferreira, disse por telefone que a jovem apresenta um quadro de depressão, mas passa bem. “Agora vamos encaminhá-la para tratamento e temos certeza que ficará tudo bem”, comentou.

Edinalva estava desaparecida desde a manhã de domingo (09). A última pessoa a ter contato com a jovem foi o namorado, identificado como Osvaldo, que disse ter deixado-a na praça do Flutuante. A informação foi confirmada por Edinalva.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - POLÍCIA EM AÇÃO
Em 48h, PM faz 16 atendimentos de ocorrências policiais com prisões em flagrante em Bonito (MS)
GREVE DOS CAMINHONEIROS
Liminar manda liberar acesso à distribuidora de combustível na Capital
BONITO - MS - AÇÃO POLICIAL
Polícia prende pessoas que tomavam banho na fonte da praça em Bonito (MS)
GREVE DOS CAMINHONEIROS
STF autoriza uso de força para desbloqueio de rodovias e impõe multa a quem descumprir decisão
BONITO - MS - COPA COM TV NOVA
OKA vai sortear 02 TVs de 60 polegadas em comemoração ao aniversário de 4 anos em Bonito
GREVE DOS CAMINHONEIROS
#AGORA: Temer aciona Exército 'forças federais' para desbloquear estradas
BONITO - MS - SERVIÇOS PODEM SER SUSPENSOS
Greve dos caminhoneiros: Prefeitura deve suspender serviços a partir de segunda-feira em Bonito (MS)
BONITO - MS - NA TRIBUNA
Vereador quer Audiência da Sanesul para prestação de contas à população em Bonito (MS)
BONITO - MS - TRABALHO LEGISLATIVO
Câmara aprovou requerimentos e indicações, confira o trabalho do legislativo em Bonito (MS)
ABUSO NO PREÇO DA GASOLINA
Caminhão é incendiado por manifestantes durante protesto contra aumento de combustível