Menu
BONITO_PREFEITURA_FEVEREIRO_2019
sbado, 16 de fevereiro de 2019
mutantes
Busca
UNIPAR_PC
Ataque

Investigação de ataque a índios é concentrada em delegacia da Capital.

21 Nov 2011 - 08h45Por Campograndenews

A investigação sobre o ataque ao acampamento de indígenas Guaiviry, na última sexta-feira, foi centralizada na Delegacia de Defesa Institucional da Polícia Federal, em Campo Grande. O delegado Alcídio de Souza, que chefia o setor, foi para a região, acompanhado de um número de policiais não informado.

Após o ataque, que virou notícia internacional, o líder espiritual da comunidade Nísio Gomes, de 59 anos, está desaparecido. Os índios afirmam que ele foi executado por pistoleiros que, usando caminhonetes e armamento pesado, invadiram o acampamento e balearam mais duas pessoas, dois adolescentes. Há relatos de que mais pessoas foram feridas e até mortas, mas nenhum corpo foi encontrado.

A PF informou hoje que não vai se pronunciar sobre as investigações durante o inquérito, que costumam ter prazo inicial de 30 dias para serem concluídas.

O Campo Grande News apurou ontem, na região, que os donos das área vão ser ouvidos como parte do inquérito.

No local, foram encontradas marcas de sangue em meio ao mato e sinais de que um corpo tenha sido arrastado.

Diversas entidades de defesa dos direitos humanos e da causa indígena divulgaram notas de repúdio ao ataque, que, para muitos, foi uma tragédia anunciada, uma vez que o clima na região é tenso há meses em razão da disputa por terras em estudo para serem demarcadas como indígenas.

O MPF (Ministério Público Federal) também abriu investigação sobre o caso.

A PF informou que está na região para investigar o ataque, e que não recebeu determinação para dar proteção aos índios. No local, o número de acampados aumentou de cerca de 60 pessoas para cerca de 100.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - REIVINDICAÇÃO
Meio Ambiente pede mais 10 policiais e 3 viaturas para PMA em Bonito (MS)
MARACAJU - SEGURANÇA
Em Maracaju, Operação Petra cumpre 18 mandados de busca e apreensão e prende três pessoas
AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Na fronteira, Reinaldo entrega R$ 1,4 milhão em equipamentos agrícolas
POLÍCIA
Homem é preso em MS por estuprar crianças, filmar e divulgar vídeos
EMPREENDEDORISMO
Seleção oferecerá consultoria gratuita para 200 mulheres em MS
MEIO AMBIENTE
Em 15 dias, polícia ambiental capturou 8 cobras em residências de MS
POLÍCIA
Militares rodoviários são presos pelo Bope com dinheiro de propina em MS
GERAL
Campanha de fiscalização vai vistoriar quase dois mil veículos do sistema intermunicipal
BONITO - MS - VANDALISMO NO BALNEÁRIO
Balneário Municipal é alvo de vandalismo e prefeitura registra ocorrência em Bonito (MS)
CIDADES
Uems abre processo seletivo para professores temporários em duas cidades