Menu
ITALÍNEA DOURADOS
tera, 16 de outubro de 2018
KAGIVA
Busca
Ataque

Investigação de ataque a índios é concentrada em delegacia da Capital.

21 Nov 2011 - 08h45Por Campograndenews

A investigação sobre o ataque ao acampamento de indígenas Guaiviry, na última sexta-feira, foi centralizada na Delegacia de Defesa Institucional da Polícia Federal, em Campo Grande. O delegado Alcídio de Souza, que chefia o setor, foi para a região, acompanhado de um número de policiais não informado.

Após o ataque, que virou notícia internacional, o líder espiritual da comunidade Nísio Gomes, de 59 anos, está desaparecido. Os índios afirmam que ele foi executado por pistoleiros que, usando caminhonetes e armamento pesado, invadiram o acampamento e balearam mais duas pessoas, dois adolescentes. Há relatos de que mais pessoas foram feridas e até mortas, mas nenhum corpo foi encontrado.

A PF informou hoje que não vai se pronunciar sobre as investigações durante o inquérito, que costumam ter prazo inicial de 30 dias para serem concluídas.

O Campo Grande News apurou ontem, na região, que os donos das área vão ser ouvidos como parte do inquérito.

No local, foram encontradas marcas de sangue em meio ao mato e sinais de que um corpo tenha sido arrastado.

Diversas entidades de defesa dos direitos humanos e da causa indígena divulgaram notas de repúdio ao ataque, que, para muitos, foi uma tragédia anunciada, uma vez que o clima na região é tenso há meses em razão da disputa por terras em estudo para serem demarcadas como indígenas.

O MPF (Ministério Público Federal) também abriu investigação sobre o caso.

A PF informou que está na região para investigar o ataque, e que não recebeu determinação para dar proteção aos índios. No local, o número de acampados aumentou de cerca de 60 pessoas para cerca de 100.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AINDA DESAPARECIDA
Servidora pública do TRE/MS continua desaparecida e familiares pedem ajuda
PESQUISA NO MS
Reinaldo abre 14% e chega com 57% dos votos válidos em nova pesquisa no MS
BRIGA INTERNA EM PLENA CAMPANHA
Conselho de Ética do PDT pede 'cabeça' de Odilon por apoio a Bolsonaro
BONITO - MS - OBRAS E MELHORIAS
BONITO: Agesul e prefeitura concluem revitalização de mais de 70 KM da estrada vicinal da La Lima
ELEIÇÕES PARA PRESIDENTE
Bolsonaro lidera em 4 regiões; Haddad está na frente no Nordeste, VEJA OS GRÁFICOS
LUTO NA TV
Aos 78 anos, morre o jornalista Gil Gomes
TRAGÉDIA
Menina de 2 anos é atropelada na garagem de casa quando mãe dava ré no carro, em Campo Grande
APOIO À REINADO AZAMBUJA
Deputado do MDB reúne prefeitos, vereadores e lideranças de MS em apoio à Reinaldo Azambuja
BONITO - MS
Conhecimento e muita diversão marcaram o 7° Acampamento do Instituto Mirim Ambiental de Bonito
DESAPARECEU
Servidora pública com depressão desaparece e preocupa família