Menu
KAGIVA
segunda, 17 de dezembro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca
UNIPAR_PC

Internados no Rio 57 praças da Marinha com surto não identificado

22 Ago 2011 - 12h14Por Estadão.com

A secretaria municipal de saúde está investigando o surto que levou 57 praças da Marinha a internação no Hospital naval Marcílio Dias na zona norte do Rio de Janeiro.

No início da semana, o grupo estava em treinamento no Centro de Instrução Almirante Milciades Portela Alves (CIAMPA), na zona oeste, quando começou a passar mal. A Marinha não esclareceu se o fato ocorreu na terça ou na quarta-feira.

Entre os sintomas, os praças tiveram dor de cabeça, febre, coriza e tosse. Pelo menos dois deles apresentam também insuficiência renal e estão na UTI.

As famílias de dois deles acusam a Marinha de expor os rapazes a exercícios pesados. A Secretaria de Saúde coletou amostras de secreções e enviou para análise. O resultado deve sair nos próximos dias. O órgão também fez uma ação de bloqueio: outros militares e pessoas que tiveram contato com os praças infectados receberam antibióticos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - TENTATIVA DE SUICÍDIO
Jovem sobe em torre de telefonia para tentar suicídio, PM resgata antes em Bonito (MS)
CIDADES
Motorista com destino a SP perde controle da direção e tomba carreta carregada de celulose na BR-158
CIDADES
Na saída de boate, mulher aponta arma na cabeça de vítima e foge após roubar pertences em MS
MEIO AMBIENTE
Fique atento! Certas árvores podem oferecer riscos para pessoas e animais
OPORTUNIDADES
MS tem 5 concursos abertos e salários de até R$ 9,4 mil nesta semana
GERAL
Defesa deve pedir hoje prisão domiciliar para João de Deus
ECONOMIA
Receita paga hoje as restituições do último lote do IRPF 2018
TEMPO E TEMPERATURA
Segunda-feira de céu parcialmente nublado e temperaturas de até 39º
"SÓ TENHO ELE" - DIZ CATADOR
MS: Catador que criou Batfusca com restos de lixo põe carro à venda por não conseguir manter família
MARACAJU - CHUVA COM DESTRUIÇÃO
Chuva rápida derruba árvores e deixa casas sem energia em Maracaju