Menu
ITALÍNEA DOURADOS
sexta, 17 de agosto de 2018
KAGIVA
Busca

INSS quer antecipar metade do 13º dos aposentados para junho

22 Jun 2011 - 09h33Por Folha.com

Aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) podem passar a receber a antecipação de metade do 13º benefício nos meses de junho a partir de 2013.

Nos últimos anos esse pagamento ocorreu em agosto, mediante acordo acertado com as centrais sindicais. O acordo, porém, só tinha vigência até o ano passado.

De acordo com informações do Ministério da Previdência, a proposta é manter a antecipação para agosto neste ano, mudar a data para julho em 2012 e tornar o pagamento definitivo para os meses de junho a partir de 2013.

A outra metade do 13º benefício continuaria sendo paga em dezembro.

A definição das datas ocorreu hoje, em reunião com dirigentes de entidades representativas de aposentados e de centrais sindicais. O ministro da Previdência, Garibaldi Alves, comprometeu-se em levar para o ministro Guido Mantega (Fazenda) a proposta.

Também ficou acertado que Garibaldi Alves negociará com Mantega o pagamento, em janeiro, da diferença de 0,06% que não foi aplicada no reajuste dos aposentados em 2011.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - INAUGURAÇÃO
HOJE tem inauguração do Santo Rock Bar, caipirinha FREE para mulheres até meia-noite em Bonito (MS)
POLÍTICA
Parecer do TRE-MS dá aval para cassar vereadora Cida Amaral
MEIO AMBIENTE
Em fase final, projeto visa recuperar o Taquari com manejo correto do solo
BONITO - MS - AÇÕES NO ÁGUAS DO MIRANDA
BONITO (MS): Obras realiza serviços de revitalização no distrito Águas do Miranda
BONITO - MS
Almoço beneficente em prol do Instituto Visão de Vida acontecerá neste sábado em Bonito
CASO MAYARA
Acusado de matar a musicista Mayara Amaral diz que estava 'possuído'
ACIDENTE
Mulher é arremessada e morre em capotamento de veículo na BR-359
CIDADES
Mutirão vai analisar 11 mil processos de presos condenados em MS
DEFESA SANITÁRIA
Campanha de vacinação da febre aftosa atinge 99% de cobertura em MS
SAÚDE
Pesquisa indica que 16 milhões de brasileiros vivem sem nenhum dente