Menu
ITALÍNEA DOURADOS
sbado, 20 de outubro de 2018
KAGIVA
Busca

INSS anuncia projeto para construir nova sede em Miranda

9 Set 2011 - 14h28Por Vinícius Squinelo/Campo Grande News

O município de Miranda, cidade localizada na região Oeste do Estado, distante 195 km de Campo Grande, vai ganhar em breve uma nova Agência da Previdência Social, em sede própria, mais ampla e moderna que a atual.

A informação foi confirmada por meio pelo gerente-executivo do INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) de Campo Grande, Joaquim Cândido Teodoro de Carvalho.

O prédio deve ser erguido em área cedida pela Prefeitura de Miranda. “Estamos no aguardo da aprovação da lei de doação pelo município para darmos prosseguimento aos trâmites pertinentes”, diz Joaquim Carvalho.

A construção de uma nova sede para a Agência Previdenciária de Miranda foi pedida pelo deputado Felipe Orro (PDT) em indicação apresentada durante a sessão do dia 28 de junho da Assembleia Legislativa. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

IBOPE NO MS - PESQUISA
IBOPE em Mato Grosso do Sul, votos válidos: Azambuja, 53%; Odilon, 47%
BONITO - MS - AÇÕES MEIO AMBIENTE
SEMA distribui frutas produzidas no Viveiro de Mudas Nativas de Bonito (MS)
BONITO - MS - REFORMA
Prefeitura reforma instalações do Programa Bolsa Família que atende 650 beneficiários em Bonito (MS)
ELEIÇÕES 2018 - FÁBRICA DE FAKE NEWS
Polícia e Justiça 'explodem' fábrica de fake news de coordenador de Odilon
TRAGÉDIA NAS ESTRADAS DO MS
Empresário e filho de 1 ano que morreram em acidente, retornavam de Bonito (MS)
BONITO - MS - ESPORTE -
Bonito (MS) recebe estadual de beach tennis neste fim de semana
TIRO ACIDENTAL
Pai foge após matar filho de 10 anos com tiro acidental no ouvido em cidade do MS
BONITO - JARDIM - BODOQUENA E BELA VISTA
BONITO e mais 3 cidades recebem auxilio da Agesul na recuperação de estradas devido as chuvas
PESQUISA NO MS
Em nova pesquisa, Reinaldo tem 54.21% e Juiz Odilon 45.79%, VEJA NÚMEROS
DATAFOLHA - PRESIDENTE
Datafolha para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%