Menu
ITALÍNEA DOURADOS
tera, 18 de setembro de 2018
KAGIVA
Busca

Inmet alerta para possibilidade de neve em parte do RS e Santa Catarina

2 Ago 2011 - 18h02Por Agência Brasil

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) alerta para as condições meteorológicas favoráveis à ocorrência de neve nas próximas horas na serra nordeste do Rio Grande do Sul e no planalto sul de Santa Catarina. “A probabilidade aumenta à noite e na próxima madrugada com a chegada do ar frio mais forte que agora pela manhã está no oeste do estado”, disse o meteorologista Flávio Varone.

A previsão para hoje (2) é mais chuva nos três estados da Região Sul, além da queda acentuada de temperatura e ventos fortes causados pelo ciclone extratropical que está no litoral. Os ventos, principalmente no norte do Rio Grande do Sul, litoral sul de Santa Catarina e nas regiões serranas devem chegar a 100 quilômetros por hora (km/h).

Segundo o meteorologista, os termômetros devem oscilar entre 1 grau Celsius (°C) e 18°C. As mínimas até agora foram registradas em Urubici (SC), 2,3°C, e em Clevelândia (PR), 3°C.

No Paraná, onde a chuva foi mais intensa nos últimos dias, 124.982 pessoas foram afetadas em 19 municípios. Segundo a Defesa Civil, 1.343 pessoas estão desalojadas e 257, desabrigadas. O serviço de meteorologia do estado (Simepar) informa que choveu em grande parte das regiões durante a noite e madrugada. Mas, segundo o meteorologista Tarcizio Valentin, o tempo deve ficar mais seco a partir da tarde no oeste, sudoeste e sul do estado, devido à chegada de uma massa de ar frio e seco.

De acordo com o chefe de Operações da Coordenadoria de Defesa Civil, capitão Eduardo Pinheiro, o município de Cerro Azul, o mais afetado pelas chuvas, ainda está isolado devido ao nível acima do normal do Rio Ponta Grossa. O risco de transbordamento do rio na região central da cidade causou a retirada de 70 famílias preventivamente. Elas abrigadas em uma escola.

A ponte que liga os municípios de Cerro Azul e Doutor Ulysses está interditada. Para o acesso a Doutor Ulysses, o deslocamento deverá ser feito pelo município de Jaguariaíva. Segundo Pinheiro, a previsão é que o tempo melhore na região até o final do dia, o que facilitará o envio de cestas básicas, colchões e cobertores para os desabrigados.

A chuva causou estragos nas estradas do Paraná que sofreram com quedas de barreiras e pontes. Na principal ligação entre Curitiba e São Paulo, a BR-116, o trânsito está em meia pista na altura do km 3, na ponte sobre o Rio Trindade. O caminho alternativo é por Ourinhos. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, essa opção aumenta o percurso em cerca de 300 quilômetros. Há risco de queda de barreira na BR-376, na altura do km 668, sentido Santa Catarina, mas o trânsito está normal nesse trecho.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MEDULA ÓSSEA
MS tem 2° maior cadastro de doadores de medula
CRUELDADE - POLÍCIA
Por mãe estar sem o celular, ladrão dá facada em bebê de 3 meses
R$ 10 MILHÕES
Multa máxima à MSVia não ultrapassa 3,5% da receita anual
PREFEITURA EM MS - OPORTUNIDADES
Prefeitura abre concurso público com mais de 300 vagas e salários de até R$ 6 mil em MS
ELEIÇÕES 2018
TRE-MS recebe 108 denúncias de infrações no período eleitoral
ELEIÇÕES 2018 - CANDIDATO AO GOVERNO DO MS
MPF manda Polícia Federal investigar Odilon de Oliveira, denunciado por crimes na 3ª Vara Federal
TECNOLOGIA
Anatel começa domingo bloqueio de celular irregular em MS e mais 11 estados
POLÍTICA
MPF reforça alerta sobre prisão por compra de voto e boca de urna
ENTRETENIMENTO
Dupla de MS projeta jogo inspirado em desenhos dos anos 1980
POLÍTICA
'Violência se combate com inteligência', diz Meirelles em visita a MS