Menu
BANNER GOV
quarta, 17 de julho de 2019
BONITO CÂMARA JULHO 2019
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO

Indústria química internacional vai investir R$ 200 milhões em MS

19 Ago 2011 - 07h17Por Correio do Estado

A Eka Chemicals vai instalar em Três Lagoas uma unidade de fabricação de produtos químicos para branqueamento de celulose. Em uma primeira fase, a empresa atenderá principalmente a nova indústria de celulose Eldorado, que está em construção, mas outras empresas também vão ser atendidas com a produção. A instalação da unidade foi garantida pelos incentivos do Governo e município.

Em audiência ontem (18) com o governador André Puccinelli, o presidente da Eka Chemicals no Brasil, Antonio Carlos Francisco, disse que o negócio envolve investimentos de cerca de R$ 200 milhões, com previsão de geração de 400 empregos na construção, além de 250 postos de trabalho diretos ou indiretos na operação da fábrica.

A empresa vai produzir o clorato de sódio – matéria prima para o dióxido de cloro – e fazer o manuseio (diluir, concentrar, transformar) de todos os químicos que uma indústria de celulose necessita para o branqueamento da matéria prima.

A planta fabril vai ser instalada dentro da indústria de celulose Eldorado, que está em construção em Três Lagoas, e que será a principal consumidora, absorvendo inicialmente 50% do que a Eka Chemicals produzir. A outra metade da produção vai ser destinada a outras empresas do mercado interno – como outra grande indústria já em funcionamento em Três Lagoas ou até mesmo indústrias do estado vizinho de São Paulo.

“Os incentivos do governo e da Prefeitura foram fundamentais porque viabilizam a instalação desse projeto em Três Lagoas dentro da fábrica da Eldorado. O governador se mostrou bastante conhecedor das necessidades da nossa indústria e do potencial que esse tipo de projeto pode trazer para a comunidade e para o Estado”, afirmou o executivo Antonio Carlos Francisco, que na reunião esteve acompanhado do diretor Financeiro, Rogério Menezes; da vice-governadora Simone Tebet; da secretária de Produção, Tereza Cristina Dias; e do deputado estadual Eduardo Rocha.
Investimentos e empregos.

O presidente da empresa destacou que o negócio é uma “fábrica de capital intensivo”, o que significa que além dos € 90 milhões (em torno de R$ 200 milhões) para implantação, o investimento se renova ao longo da produção, em termos de tecnologia, novos equipamentos, novos instrumentos.

O novo projeto consiste em duas fases. A primeira é a de implantação, prevista para se consolidar até outubro de 2012. Nessa etapa, a construção deve empregar em torno de 400 a 500 trabalhadores. “Depois, iniciaremos a operação de fato, com 50 a 60 funcionários efetivos dentro da fábrica, e 200 indiretos, na cadeia de produção”, revelou Francisco.

A grande maioria dos empregados que trabalharão na área operacional é originária da própria região, já está contratada e sendo capacitada em unidades do grupo empresarial no interior de São Paulo e na Bahia.

Sobre a empresa

A Eka Chemicals é uma empresa subsidiária da Akzo Nobel Chemicals Internacional, que por sua vez pertence ao grupo Akzo Nobel. A Eka Chemicals é líder mundial em substâncias químicas destinadas à indústria de papel e celulose, oferecendo serviços e produtos químicos para branqueamento de celulose.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO E BODOQUENA - #POLÍCIA
Ação conjunta das polícias de Bonito e Bodoquuena por furto e recupera motocicleta
BONITO - MS - NA TRIBUNA
Vereador 'Varguinha' reivindica construção de novo cemitério para Bonito (MS)
CRIME POR DÍVIDA
Polícia encontra camaro amarelo de sobrinho que matou o tio por causa de dívida em Campo Grande
NOVELA DA GLOBO
A Dona do Pedaço: Josiane comete segundo assassinato após nova chantagem
OPORTUNIDADE NO MS
Inscrições já estão abertas e serão gratuitas para o Processo Seletivo em prefeitura do MS
SELFIE DA MORTE
Jovem que morreu em cachoeira se desequilibrou ao tirar 'selfie'
DESAPARECIDA
Família busca por jovem desaparecida há três dias em Campo Grande
UNIDOS PARA SEMPRE
Após 71 anos de vida matrimonial, idosos morrem no mesmo dia
ASSASSINATO
Em MS, Comerciante mata o tio a tiros de pistola durante cobrança de dívida
DOURADOS - ATAQUE DE ÍNDIOS
Indígenas invadem propriedade e atacam policiais com flechas e coquetel molotov em Dourados