Menu
ITALÍNEA DOURADOS
domingo, 20 de janeiro de 2019
KAGIVA
Busca
UNIPAR_PC

Índice que reajusta aluguéis diminui e fica em 0,55% na segunda prévia de abril

19 Abr 2011 - 12h34Por Agência Brasil

O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), que serve de referência para reajuste em contratos de aluguel, diminuiu na segunda prévia de abril e ficou em 0,55%. No mesmo período do mês anterior, a variação foi de 0,59%.

De acordo com dados divulgados hoje (19) pela Fundação Getulio Vargas (FGV), o resultado foi influenciado pelo Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que diminuiu de 0,68% para 0,51% no período. O IPA representa 60% do IGP-M. A taxa dos bens finais subiu de 0,69% para 0,91%, tendo como maior contribuição a elevação nos preços dos alimentos processados (de 0,30% para 0,96%).

Já o índice dos bens intermediários passou de 0,66% para 0,51%, tendo como destaque os suprimentos (de 1,25% para 0,33%). O índice referente a matérias-primas brutas também sofreu redução, de 0,68% para 0,07%. Os itens que mais contribuíram para esse movimento foram: algodão em caroço (de 8,73% para -1,69%), café em grão (de 10,65% para 2,45%) e laranja (de 4,55% para -9,52%).

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que responde por 30% do IGP-M, subiu de 0,45% para 0,65%. Cinco das sete classes de despesa componentes do índice registraram acréscimos em suas taxas de variação. O destaque ficou com o grupo alimentação (de 0,19% para 0,64%), cujas principais pressões partiram de carnes bovinas (de -2,34% para 0,21%), laticínios (de 0,02% para 1,48%) e hortaliças e legumes (de 2,27% para 2,71%).

Também houve aumento em transportes (de 0,96% para 1,71%), educação, leitura e recreação (de 0,05% para 0,29%), vestuário (de 0,76% para 0,97%) e saúde e cuidados pessoais (de 0,56% para 0,72%). Em sentido oposto, as taxas diminuíram em habitação (de 0,53% para 0,31%) e despesas diversas (de 0,42% para 0,29%).

Último componente do IGP-M, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) subiu de 0,37% para 0,50%. Houve aumento no custo da mão de obra (de 0,17% para 0,74%) e diminuição no índice relativo a materiais, equipamentos e serviços (de 0,56% para 0,27%).

Para calcular a segunda prévia do IGP-M deste mês, a FGV coletou preços entre 21 de março e 10 de abril.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
EM CIDADE DO MS
Temporal de 30 minutos alaga ruas e família fica presa em carro em cidade do MS
ACIDENTE FATAL
Em MS, Cinco pessoas morrem em grave acidente na BR-060
JARDIM E MAIS DUAS CIDADES DO MS
Em Jardim, Uems abre amanhã processo seletivo para professor temporário em duas cidades
BONITO - MS - AÇÃO DA POLÍCIA CIVIL
Polícia Civil prende chefe de um dos restaurantes mais badalados de Bonito (MS)
EM CIDADE DO MS
Estudante de medicina morre após jogar partida de futebol em cidade do MS
BONITO - MS - MARIA DA PENHA
PM é novamente acionada por violência doméstica, essa já é a 3ª em menos de 5 dias em Bonito (MS)
VERÃO - BOMBEIROS ALERTAM
Nos primeiros dias de 2019 bombeiros já registram afogamentos em três cidades do MS
EVENTO ACONTECE EM FEVEREIRO
Bonito Cross define trilhas com promessa de surpresas e aventuras em Bonito (MS)
DOENÇA DO SÉCULO
Após escrever bilhete e trocar mensagens com a namorada, jovem comete suicídio em Rio Brilhante