Menu
ITALÍNEA DOURADOS
domingo, 21 de outubro de 2018
KAGIVA
Busca

Imperador do Japão diz estar "profundamente preocupado" com Fukushima

16 Mar 2011 - 15h13Por Zero Hora

Em raro pronunciamento na televisão, o imperador do Japão, Akihito, se declarou "profundamente preocupado" pela natureza "imprevisível" da situação na central nuclear de Fukushima e afirmou que reza pela segurança dos compatriotas.

Em catástrofes anteriores, o imperador, que se dirige à população apenas em momentos de crise, e a esposa Michiko visitaram os locais afetados. No entanto, é a primeira vez, em uma situação como esta, que ele aparece na TV para se pronunciar. Akihito é o chefe de Estado do Japão, mas seu papel é honorífico e não tem nenhuma função pública.

A manifestação do imperador é uma clara demonstração da preocupação das autoridades japonesas com a incerteza que ronda o desenvolvimento da situação da usina de Fukushima 1.

Cinco dias depois do terremoto e do tsunami que devastaram o nordeste do Japão, ele reconheceu que "o número de mortos aumenta dia a dia" e admitiu desconhecer o número de vítimas da catástrofe.

Rezo pela segurança do maior número possível de pessoas — disse.

Akihito lamentou a situação "imprevisível" na central nuclear de Fukushima 1, que registrou várias explosões depois da catástrofe natural.

Espero sinceramente que possamos impedir que a situação piore graças aos esforços de todos os que participam nas tarefas de socorro — declarou.

Akihito se solidarizou com a população, obrigada a abandonar suas casas "em condições extremamente difíceis de frio, de falta de água e de combustível".

Rezo para que os trabalhos dos socorristas progridam rapidamente e que a vida das pessoas melhore, mesmo que seja apenas um pouco, para dar esperanças para iniciar a reconstrução — acrescentou.

Na sexta-feira da semana passada, a costa nordeste do Japão sofreu um forte terremoto de 9 graus de magnitude, que foi seguido por um devastador tsunami. Segundo os últimos dados oficiais, as catástrofes provocaram a morte de 3.676 pessoas e deixaram 7.558 desaparecidos, mas as autoridades calculam que o balanço final deve superar 10 mil vítimas fatais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DO GOVENO DO MS
Governo de Reinaldo Azambuja interliga por estradas o Pantanal secularmente isolado
IBOPE NO MS - PESQUISA
IBOPE em Mato Grosso do Sul, votos válidos: Azambuja, 53%; Odilon, 47%
BONITO - MS - AÇÕES MEIO AMBIENTE
SEMA distribui frutas produzidas no Viveiro de Mudas Nativas de Bonito (MS)
BONITO - MS - REFORMA
Prefeitura reforma instalações do Programa Bolsa Família que atende 650 beneficiários em Bonito (MS)
ELEIÇÕES 2018 - FÁBRICA DE FAKE NEWS
Polícia e Justiça 'explodem' fábrica de fake news de coordenador de Odilon
TRAGÉDIA NAS ESTRADAS DO MS
Empresário e filho de 1 ano que morreram em acidente, retornavam de Bonito (MS)
BONITO - MS - ESPORTE -
Bonito (MS) recebe estadual de beach tennis neste fim de semana
TIRO ACIDENTAL
Pai foge após matar filho de 10 anos com tiro acidental no ouvido em cidade do MS
BONITO - JARDIM - BODOQUENA E BELA VISTA
BONITO e mais 3 cidades recebem auxilio da Agesul na recuperação de estradas devido as chuvas
PESQUISA NO MS
Em nova pesquisa, Reinaldo tem 54.21% e Juiz Odilon 45.79%, VEJA NÚMEROS