Menu
ITALÍNEA DOURADOS
segunda, 20 de agosto de 2018
KAGIVA
Busca

Iagro modifica datas de início da vacinação contra febre aftosa em MS

25 Abr 2011 - 13h05Por Midiamax - Vinícius Squinelo

Portaria publicada nesta segunda-feira (25), no Diário Oficial de MS, modifica as datas de início da vacinação contra febre aftosa em Mato Grosso do Sul.

Segundo a Agência Estadual de Defesa Sanitária e Vegetal de MS, as novas datas são:

Região do Planalto: 02 a 31 de Maio - vacinação de todo o rebanho bovino e bubalino, independente da idade.

Região da Zona de Alta Vigilância: 02 a 31 de Maio - vacinação de todo o rebanho bovino e
bubalino, independente da idade.

A vacinação contra febre aftosa na região do Pantanal, para os produtores optantes pela realização da mesma no mês de Maio, será executada excepcionalmente com o seguinte calendário:

02 de Maio a 15 de Junho: vacinação de todo o rebanho bovino e bubalino, independente da idade.

Após a efetiva vacinação é obrigatório o registro da mesma, que deverá ser feito no máximo até o dia 15 de Junho de 2011.

Imediatamente após o registro na vacinação deverá ser emitida a Declaração de Estoque Efetivo de Animais Bovinos e Bubalinos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PROPAGANDA ANTECIPADA
Juiz rejeita recurso e mantém multa de R$ 31,5 mil a Odilon por uso de outdoors
AÇÕES DO GOVENO DO MS
Em 4 anos, Governo Reinaldo entrega mais pontes de concreto do que em toda história do Estado do MS
BONITO - MS
Jogos Escolares 2018 terão início nesta segunda-feira, dia 20 em Bonito
EM MIRANDA - MS - CASO DE POLÍCIA
Donos de casa noturna são presos por estupro coletivo de adolescente em Miranda
STOCK CAR
Vítima atropelada na Stock Car Light permanece no CTI
TJMS
Tribunal de Justiça triplica valor do "auxílio saúde" para juízes e desembargadores
ECONOMIA
Tesouro pagou em julho R$ 602,43 milhões em dívidas de estados
EDUCAÇÃO
Começam hoje inscrições para bolsas remanescentes do ProUni
JUSTIÇA
Ministras do STF conclamam mulheres a buscar igualdade pelo voto
ESTUDANTE DE MEDICINA NO PARAGUAI
Estudante de medicina foi morta com mais de 16 facadas na fronteira; namorado é principal suspeito