Menu
mutantes
terÁa, 19 de marÁo de 2019
Busca
ITAL√ćNEA DOURADOS

Grupo de hackers diz ter invadido rede do Senado dos EUA

14 Jun 2011 - 17h44Por Folha.com

Um grupo de hackers sob o nome de Lulz Security afirmou ter invadido a rede de computadores do Senado dos Estados Unidos nesta segunda-feira (13).

A autoridade que gerencia a segurança do Senado não fez comentários sobre o assunto.

O Lulz Security, que hackeou o site da Sony e o da rede de televisão pública americana PBS (Public Broadcasting System), divulgou na internet uma lista de arquivos que não parecem ser confidenciais. Porém, eles indicam que os hackers acessaram a rede de computadores do Senado.

"Eles certamente demonstraram ter acessado e encontrado o servidor de dados", disse Stewart Backer, ex-funcionário da unidade de Internet do Departamento de Segurança Nacional dos EUA.

"Não está claro pelo nome dos arquivos se há algo confidencial. Os hackers podem ter feito o equivalente a assaltar o Senado e se gabado por conseguirem roubar souvenires da loja de lembranças", disse Baker, hoje sócio da Steptoe and Johnson LLP.

John Bumgarner afirmou que a invasão pode causar constrangimento no Senado.

Deixe seu Coment√°rio

Leia Também

MEIO AMBIENTE
Pol√≠cia Militar Ambiental de MS completa 32 anos e comemora o fim dos ‚Äúcoureiros‚ÄĚ
SA√öDE
Sa√ļde confirma quarta morte por dengue este ano em MS
SABORES
Na concorrência com Tastmade, amigas criam página com receitas para MS
LOTERIA
Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira pr√™mio acumulado de R$ 33 milh√Ķes
CIDADES
Município de MS que homenageia herói da Retirada da Laguna completa 81 anos
TURISMO
Sete destinos para se aventurar em Bodoquena no feriad√£o de abril
BONITO - MS
Prefeitura distribui 400 jogos de carteiras e novos uniformes em Bonito
SAÚDE E ALIMENTAÇÃO
Ins√īnia, falta de ar e ang√ļstia: conhe√ßa os sintomas da intoxica√ß√£o causada pelo caf√©
EDUCAÇÃO
Enem 2018: espelhos da redação estão disponíveis para candidatos; veja correção
POL√ćCIA
Garoto é investigado em MS após dizer que atiradores de Suzano deviam ter matado policiais