Menu
BONITO_PREFEITURA_FEVEREIRO_2019
domingo, 17 de fevereiro de 2019
mutantes
Busca
UNIPAR_PC

Governo Federal reconhece terra indígena em MS uma década depois da demarcação

26 Abr 2011 - 18h27Por Midiamax - Celso Bejarano

Portaria publicada nesta terça-feira no Diário Oficial da União reconhece como área indígena a região de Jatayvary, área de 8 mil hectares, situada aos arredores do município de Ponta Porã, na fronteira com o Paraguai.

A área em questão deve ser habitada por índios guarani kaiowa, segundo o publicado. A Jatayvary é foco de debate judicial há pelo menos uma década, quando a Funai iniciou a demarcação da terra.

Por determinação judicial o levantamento foi suspenso, mas em janeiro de 2009, o Tribunal Regional Federal mandou retomar a inspeção. Ao menos 200 índios reclamam por este área.

“A Funai promoverá a demarcação administrativa da terra indígena ora declarada, para posterior homologação pelo presidente da República”, diz trecho da portaria assinada pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. A medida vale a partir de hoje.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SURTO DE DENGUE NO MS
Primeira morte por dengue é confirmada em cidade do MS
VOLTA ÀS AULAS NO MS
230 mil estudantes da Rede Estadual de Ensino retornam às aulas nesta segunda-feira
VOCÊ É DE ACORDO?
Vereador veterinário Francisco quer microchipar cães e gatos em Campo Grande
BONITO - MS - OS CAMPEÕES
Bonito (MS): Sob forte calor, Mountain Bike e Duathlon fecham o Bonito Cross, Confira os ganhadores
CARNAVAL NO RIO DE JANEIRO
Descalça, sob chuva e com beijo, Ellen Rocche ensaia em SP, VEJA FOTOS
MINIBOLT - VEJA VÍDEO
MiniBolt, menino de 7 anos está chocando o mundo com sua velocidade espantosa, VÍDEO
DOURADOS - COLISÃO MATOU OS DOIS
Em Dourados, VÍDEO mostra colisão frontal entre motos que matou dois, assista
BONITO - MS - NOVO HORÁRIO
Com o fim do horário de verão Balneário tem novo horário de funcionamento em Bonito (MS)
BONITO - MS - REIVINDICAÇÃO
Meio Ambiente pede mais 10 policiais e 3 viaturas para PMA em Bonito (MS)
MARACAJU - SEGURANÇA
Em Maracaju, Operação Petra cumpre 18 mandados de busca e apreensão e prende três pessoas