Menu
mutantes
tera, 19 de maro de 2019
Busca
ITALÍNEA DOURADOS

Governador Geraldo Alckmin diz que hospitais de São Paulo serão investigados

21 Jun 2011 - 13h00Por Revista Veja online

Após a denúncia de um esquema de fraude no Conjunto Hospitalar de Sorocaba, no interior de São Paulo, o governador Geraldo Alckmin garantiu que a administração fará auditorias em todos os hospitais estaduais. De acordo com investigações do Ministério Público de São Paulo, mais de setenta profissionais de saúde recebiam salário mas não apareciam para trabalhar nos plantões nas unidades de saúde do governo do estado.

No domingo, o médico e secretário estadual de Esporte, Lazer e Juventude, Jorge Pagura, pediu demissão depois de apontado como um dos envolvidos no esquema. Nesta segunda-feira foi a vez do coordenador de Serviços de Saúde do Estado de São Paulo, Ricardo Tardelli, deixar o cargo.

Após evento no Palácio dos Bandeirantes nesta segunda, Alckmin afirmou que uma série de mudanças serão feitas no controle de frequencia dos funcionários da saúde, incluindo a implantação de ponto eletrônico. “Quanto mais gente usar a tecnologia da informação, mais controle se tem, mais segurança, pagamento e cumprimento de horário na rede hospitalar.”

O governador de São Paulo criticou a demora na apuração de denúncias no estado. “Vamos acelerar todos os processos e implantar, assim como fiz na polícia, o ‘via rápida’”. O objetivo do sistema é apurar as denúncias rapidamente e punir os envolvidos. Alckmin anunciou ainda a intenção de criar uma controladoria-geral do estado. “Você não só faz a correção em cima do que está errado, mas previne problemas”, disse.

Sobre a saída de Pagura, Alckmin afirmou que aguarda as apurações sobre o envolvimento do ex-secretário no esquema. “Pagura não é funcionário do estado, nunca recebeu nenhum centavo do estado e não tem envolvimento com licitação, plantão, nada disso. É um funcionário do SUS federal que em 2009 foi comissionado e ficou dois anos comissionado no hospital de Sorocaba”, afirmou.

Enquanto um novo nome não é escolhido para assumir a Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude, o secretário-adjunto, José Benedito, chefia a pasta. Questionado sobre o impacto da substituição nas obras para a Copa do Mundo, Alckmin garantiu que o investimento do estado para o evento compete à Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Regional. O Complexo Hospitalar de Sorocaba também terá um novo interventor, designado até terça-feira.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

MEIO AMBIENTE
Polícia Militar Ambiental de MS completa 32 anos e comemora o fim dos “coureiros”
SAÚDE
Saúde confirma quarta morte por dengue este ano em MS
SABORES
Na concorrência com Tastmade, amigas criam página com receitas para MS
LOTERIA
Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio acumulado de R$ 33 milhões
CIDADES
Município de MS que homenageia herói da Retirada da Laguna completa 81 anos
TURISMO
Sete destinos para se aventurar em Bodoquena no feriadão de abril
BONITO - MS
Prefeitura distribui 400 jogos de carteiras e novos uniformes em Bonito
SAÚDE E ALIMENTAÇÃO
Insônia, falta de ar e angústia: conheça os sintomas da intoxicação causada pelo café
EDUCAÇÃO
Enem 2018: espelhos da redação estão disponíveis para candidatos; veja correção
POLÍCIA
Garoto é investigado em MS após dizer que atiradores de Suzano deviam ter matado policiais